SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Cabral deixa sede da PF no Rio e deve ser conduzido para complexo de Bangu

Embora não haja confirmação oficial, o provável destino dele é o Instituto Médico-Legal (IML), onde será submetido a exame de corpo de delito

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/11/2016 18:55

O ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral (PMDB), preso na manhã desta quinta-feira (17/11), pela Polícia Federal (PF), deixou a sede da corporação, no centro do Rio, pouco antes das 17h30 de hoje.


Embora não haja confirmação oficial, o provável destino dele é o Instituto Médico-Legal (IML), onde será submetido a exame de corpo de delito. Esse é um procedimento de praxe, exigido pela lei antes de qualquer pessoa dar entrada em algum presídio. Após o exame, Cabral deve ser conduzido a uma das penitenciárias do complexo de Bangu, na zona oeste.

 

Leia mais em Brasil


Na saída, o carro da PF que levava Cabral foi cercado por aproximadamente 20 pessoas, que gritavam palavras de ordem contra o ex-governador - o mais comum foi um coro de "ladrão", mas o grupo gritou até "cadê o Amarildo?", numa referência ao ajudante de pedreiro torturado e morto por policiais em julho de 2013.

 

Por Agência Estado

Tags: cabral pf rio bangu
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Joeudes
Joeudes - 18 de Novembro às 09:13
A justiça seja feita, e a polícia tem que dar tratamento igual, inclusive raspar a cabeça, o que não foi feito até hoje com nenhum político preso, porque é bandido até pior que assaltante, porque não raspam?