OAB protocola pedido de impeachment do presidente Michel Temer

Presidente da Ordem chamou o ato de "momento cívico"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/05/2017 15:32 / atualizado em 25/05/2017 16:31

AFP / EVARISTO SA
 
 
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia protocolou, por volta das 15h30 desta quinta-feira (25/5), o pedido de impeachment do presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados. Lamachia reclamou que o acesso dos advogados à Casa foi restrito inicialmente a apenas 35 juristas. "Isso é lamentável porque tínhamos presidentes dos diretórios estaduais da Ordem e outros advogados querendo participar desse momento cívico", afirmou ele, lembrando que enquanto toda a comitiva, que pelos cálculos da Ordem chega a mais de 200 advogados, não entrou, ele também não havia entrado. 
 

Lamachia nem sequer foi recebido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e teve que protocolar o pedido na Secretaria-Geral da Mesa. "Há menos de um ano, por 26 votos a 1, protocolamos aqui um pedido de impeachment contra a então presidente Dilma Rousseff. Um ano depois, por 25 a 1, estamos protocolando novo pedido contra o presidente Michel Temer, o que mostra o caráter democrático da Ordem", declarou o presidente da Ordem. 

Lamachia também elogiou a decisão do presidente Michel Temer de revogar na manhã desta quinta o decreto de Garantia da Lei e Ordem (GLO) que permitiu o uso das Forças Armadas, na quarta (24/5), durante os protestos na Esplanada dos Ministérios: "Ele agiu bem porque aquele decreto não condiz com o momento atual vivido pelo país".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.