Anonymous derrubam site de Temer e tornam presidente 'principal alvo'

A página oficial do peemedebista está fora do ar desde sexta-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/05/2017 15:34

Reprodução


Para encerrar a semana em que a crise política fechou o cerco sobre o presidente Michel Temer, acusado de dar aval para pagamento de propina a Eduardo Cunha na prisão, o grupo ativista Anonymous derrubou a página oficial do peemedebista. Até a tarde deste sábado, o site continuava fora do ar.

Nesta sexta-feira, um ataque isolado da célula AnonOpsBrazil atingiu o endereço micheltemer.com.br. O motivo do ataque foram os escândalos envolvendo a participação do político em esquemas com a empresa JBS - Temer foi gravado em uma conversa fora de agenda com o empresário Joesley Batista. 

"O senhor Presidente da República Michel Temer será o principal alvo de nossas operações, declaramos guerra a qualquer autoridade seja política ou não, que oprime a população, não somos um movimento partidário, e qualquer governo seja de direita ou esquerda que por sua vez prejudica a grande maioria esquecida, nós estaremos aqui para lutar por eles", diz nota do grupo. 




Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
filomena
filomena - 27 de Maio às 19:14
Bravo! I am very happy with your taking the bigger bastard and terrorist of the Brazilian people. You must know how the people that govern and make laws for the people are all bandits, the CEO of oldsbrecht said to the judge; every elected politician received bribes. Thank you anonymous.