Imbassahy: após reunião de Temer, Tasso e FHC, posição do PSDB não muda

O ministro não participou, mas foi o intermediador do encontro realizado na segunda. Além de Temer, FHC e Jereissati, o ministro Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) participou da reunião

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/05/2017 10:09

ANDRESSA ANHOLETE/AFP
O ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy (PSDB), afirmou nesta terça-feira (30/5), que a posição do PSDB em relação ao governo do presidente Michel Temer (PMDB) permanece inalterada após a reunião do peemedebista com o presidente interino da legenda tucana, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), e com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, nesta segunda-feira (29/5), no hotel Grand Hyatt, em São Paulo. 

"A posição permanece inalterada, é a posição que o Tasso havia anunciado de apoio ao governo, às reformas e na expectativa de algo que possa melhorar a situação", disse o ministro ao chegar para abertura do Fórum Investimentos Brasil 2017, que ocorre no mesmo hotel até quarta-feira (31/5). 

Perguntado sobre como ficaria a situação se o julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) resultar em cassação de Temer, Imbassahy evitou opinar. "Aí é especular".

O ministro não participou, mas foi o intermediador do encontro realizado na segunda. Além de Temer, FHC e Jereissati, o ministro Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) participou da reunião. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.