STF suspende sessão que julgaria pedido de prisão de Aécio

A defesa do senador afastado apresentou um recurso para que o julgamento aconteça no plenário do STF

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/06/2017 17:23 / atualizado em 20/06/2017 17:31

O presidente da primeira turma do Supremo Tribunal Federal, ministro Marco Aurélio de Mello, suspendeu a análise do caso envolvendo Aécio Neves (PSDB-MG) para decidir sobre o recurso apresentado pela defesa do senador para que o julgamento aconteça no plenário do STF, e não na Primeira Turma.
 

A defesa de Aécio já havia pedido isso anteriormente, mas o ministro havia negado a solicitação. O advogado Alberto Zacharias Toron recorreu e Marco Aurélio prometeu fazer uma nova análise do caso.

A data para a resposta e um possível novo julgamento não está prevista ainda.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
carlos
carlos - 21 de Junho às 09:14
VERGONHA PARA STF! JÁ SOLTOU OS PRESOS!