Juiz Sérgio Moro condena Antônio Palocci a 12 anos de prisão na Lava-Jato

A sentença do juiz saiu na manhã desta segunda-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/06/2017 08:53 / atualizado em 26/06/2017 09:52

AFP / EVARISTO SA


O ex-ministro Antônio Palocci foi condenado a 12 anos e 2 meses de reclusão nos processos movidos contra ele na Lava-Jato. A decisão é do juiz federal Sérgio Moro e foi publicada na manhã desta segunda-feira (26/6). Palocci vai responder pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Essa é a primeira condenação do ex-ministro na Lava-Jato.

 

Além de Palocci, o ex-assessor dele, Branislav Kontic, o empresário Marcelo Odebrecht e João Vaccari Neto e outras dez pessoas eram réus nesse processo. O ex-ministro foi preso na 35ª fase da operação, batizada de Omertà e deflagrada no dia 26 de setembro de 2016. Atualmente, está detido no Paraná. Palocci foi denunciado uma vez por corrupção passiva e 19 vezes por lavagem de dinheiro.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Edison
Edison - 26 de Junho às 10:26
Considerando as Leis criadas por nosso Legislativo e o tempo que já cumpriu, mais 2 ou 3 anos está livre para usufruir o fruto de sua safadeza. No Brasil é assim, só quem é contraventor fica bem na vida!