Três anos após o 7 x 1, Temer leva Brasil a novo vexame diante da Alemanha

Em apenas um dia, presidente, que está no país europeu para participar da Cúpula do G20, já conseguiu cometer ou ser envolvido em uma série de gafes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/07/2017 18:51 / atualizado em 08/07/2017 14:03

Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O presidente Michel Temer viajou na última quinta-feira (6/7) para Hamburgo, na Alemanha, onde participa de um encontro do G20, grupo que reúne as 20 maiores potências econômicas do planeta. Acontece que, em apenas um dia, o peemedebista já conseguiu cometer, ou ser envolvido, em uma série de gafes. 
 

Coincidentemente, a maior vergonha da história da Seleção — os 7x1 em pleno Mineirão — completará três anos nesse sábado (8/7), enquanto o líder do Executivo brasileiro ainda estará no país europeu. Por isso, o Correio reuniu sete "desacertos" envolvendo Temer na Cúpula do G20, e um "mérito" do presidente para mostrar que ele pode estar comandando um novo vexame brasileiro diante dos alemães. Confira:

1) "Fez que foi, não foi e acabou fondo"

Só mesmo a clássica frase do mundo futebolístico consegue explicar a situação de Temer antes de (finalmente) embarcar para a Alemanha. A exatamente uma semana da viagem, o Palácio do Planalto informou que o presidente não participaria da Cúpula do G20. Na segunda-feira, no entanto, ele mudou de ideia e embarcou para Hamburgo na quinta.

2) Dona da casa x visitante

Durante a viagem, Temer deveria se encontrar com a chanceler alemã, Angela Merkel. Mas como o presidente desistiu de viajar e depois decidiu ir de novo, a indecisão fez com que Merkel — eleita a mulher mais poderosa do mundo pela revista Forbes — cancelasse o encontro entre os dois e marcasse outro compromisso no horário que estava reservado para o peemedebista, de acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.


3) Fora do álbum de figurinhas

Também por conta da indefinição sobre sua escalação no encontro, Temer acabou ficando de fora do programa de imprensa da Cúpula do G20. Conforme mostrou uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo, na página onde estão os nomes e as fotos dos participantes do evento, Temer foi substituído pelo seu ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

4) Otimismo na preleção

Normalmente, antes de jogos importantes, o treinador passa mensagens otimistas para seus jogadores durante a preleção (mesmo que essas mensagens não tenham nenhum fundo de verdade). Foi o que parece ter feito Temer na Alemanha. Nesta sexta-feira, assim que chegou ao hotel onde está hospedado em Hamburgo, o presidente disse com convicção: "crise econômica no Brasil não existe. Vocês têm visto os últimos dados"

5) Gafe na entrevista

À beira do gramado, com a cabeça ainda quente logo após as partidas, os jogadores costumam dar declarações recheadas de gafes. Temer fez o mesmo sem nem ao menos ser questionado por algum jornalista. Em um vídeo postado de livre e espontânea vontade em seu Twitter, o presidente deslizou em seus próprios pensamentos e afirmou que, entre as coisas que tem feito no Brasil, vem "fazendo voltar o desemprego". Assista:
 
 

6) Torcida pede substituição

Enquanto Temer está na Alemanha, alguns parlamentares que, supostamente, integram sua base aliada têm dado declarações indicando que o presidente — que já tem uma das menores taxas de popularidade da história — pode estar perdendo também o apoio do Congresso. O presidente interino do PSDB, Tasso Jereissati (CE), declarou que o país "caminha para ingovernabilidade". Outro senador tucano, o paraibano Cássio Cunha Lima, por sua vez, avaliou que o relatório que o deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) apresentará à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara, sobre o prosseguimento da denúncia contra seu colega de partido no Supremo Tribunal Federal (STF), pode marcar o início do fim da atual gestão. Ao mesmo tempo em que Temer se apequena, o nome de Rodrigo Maia (DEM-RJ), seu reserva imediato, ganha força para ser titular do Planalto.


7) Ex-jogadora corneta

Provocações entre ex e atuais jogadores são comuns no mundo do futebol. Em 2005, por exemplo, Pelé aconselhou que Romário pendurasse as chuteiras. Em resposta, o rei ouviu a célebre frase: "Pelé calado é um poeta". Nesta quinta-feira, com o nome de Rodrigo Maia sendo cada vez mais ventilado como uma solução melhor ao país, a ex-presidente Dilma Rousseff resolveu ironizar seu sucessor por meio das redes sociais. "Em vez de carta, Twitter; verba volant scripta manent!", publicou a petista, em uma clara referência à clássica carta em que Temer se definiu como um "vice decorativo".

O gol de honra

Apesar de todos esses problemas, Temer já pode comemorar uma coisa: na foto oficial deste ano, ele está mais bem posicionado. Na Cúpula do ano passado, na China, o presidente ficou quase fora do quadro de tão afastado que ele estava de outros líderes mundiais. O pôster deste ano, ele já pode até pendurar na parede. Clique na foto para comparar:
 
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
deno
deno - 12 de Julho às 17:04
ESSE JUIZ É DA TURMA DE TEMER O TRAIDOR E CONSPIRADOR E DO LADRÃO AECIO ,TA NA CARA QUE ELE NÃO É IMPARCIAL ESSE JUIZ QUER SE APARECER PARA SE TORNAR POLITICO E ROUBAR ,TA VENDO QUE O POVO NÃO VAIO ACEITAR TAL INFAMIA ESSE CARA , TEM LAÇOS PROFUNDOS COM AECIO E TEMER , LULA FEZ O QUE PRA ELE , QUAL IMOVEL ESTA EM NOME DE LULA, ???TAIS VENDO QUE ISSO NÃO PASSA DE ARMAÇÃO POLITICA ,OOOHH COLEGA FUNCIONARIO PUBLICO FEDERAL , SE COLOQUE NO SEU LUGAR DE JUIZ ,O POVO ESTA VENDO SUA PERSEGUIÇÃO COM LULA ,O POVO BRASILEIROP NÃO VAI DEIXAR VC FUDER O LULA O LULA E DO POVO BRASILEIRO , RESPEITE A TÃO PRESERVADA DEMOCRACIA CONQUISTADA A BAIXO DE CACETE DE GENTE COMO VC O EXCELENCIA , A DEMOCRACIA ACIMA DE TUDO , LUTAMOS POR ELA APOIS RESPEITE DR. PRA PRENDER LULA VC VAI TER DE GRADEAR TODOS OS MINISTERIOS DE BRASILIA .QUE OS MAIORES LADRÕES ESTÃO LÁ .