Bancada do PMDB fecha voto contrário a relatório da denúncia contra Temer

No entanto, outros integrantes do partido rejeitam a medida e criam abaixo-assinado para defender o relator peemedebista

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/07/2017 17:12

A bancada do PMDB na Câmara vai fechar questão contra o relatório do deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ). O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (11/7) pelo vice-líder do partido na casa, Carlos Marun (MS). Ele não quis adiantar quais sanções poderão sofrer os peemedebistas que descumprirem o estabelecido pela cúpula do partido. "Não estamos decidindo isso para fazer marola", afirmou ele, defendendo inclusive que aqueles que se sentirem insatisfeitos, como o próprio Zveiter, deixem o partido.
 
 
Marun calcula que a grande maioria da bancada acata a decisão e chegou a falar em um número de 60 dos 64 parlamentares, mas o coordenador da bancada do PMDB fluminense, Pedro Paulo, já fez um abaixo-assinado ente os paralemnteres do partido para defender o relator Sérgio Zveiter.

"Em outros momentos em que o próprio Pedro Paulo foi alvo de ataques pessoais, ele recebeu todo o apoio da bancada. Deveríamos refletir sobre isso no momento", provocou Marun. Durante a campanha para a prefeitura do Rio no ano passado, Pedro Paulo foi acusado de agredir a esposa e muitos consideram que esse fato foi fundamental para que ele, mesmo tendo ao seu lado a máquina partidária estadual e municipal, sequer chegasse ao segundo turno na disputa pela prefeitura. 

Marun negou que o PMDB esteja adotando uma postura a ser repetida caso outros integrantes da legenda também venham a ser denunciados. "Cada caso é um caso. O que estamos diante agora é de uma denúncia sem provas contra o presidente da República", reclamou o peemedebista. 
Tags: temer pmdb
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.