Tucano que denunciou Lula por tríplex defende investigação para Temer

"Para mim, o tríplex e o sítio de Atibaia são do Lula e a mala do ex-deputado Rocha Loures é do Temer", declarou o deputado Rocha (PSDB-AC)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/07/2017 16:56 / atualizado em 12/07/2017 17:04

Reprodução/Facebook

 

O deputado Rocha (PSDB-AC), autor da primeira denúncia contra o ex-presidente Lula em relação ao tríplex do Guarujá, comemorou a decisão do juiz Sérgio Moro de condenar o petista a nove anos e meio de prisão. O tucano lembrou que a primeira denúncia que ele fez com base em informações de veículos de imprensa e do inquérito envolvendo a falência da Bancoop, cooperativa educacional dos metalúrgicos de São Paulo, foi feita em 30 de abril de 2005, tanto ao Ministério Público de São Paulo, quanto ao Ministério Público Federal (MPF). Na época, os procuradores estuduais chegaram a pedir a prisão do ex-presidente, mas a juíza do caso entendeu que aquele assunto deveria ser tratado pela Justiça Federal.

 

Leia mais notícias em Política 

 

Já a peça encaminhada ao MPF ocasionou a condução coercitiva do ex-presidente em março do ano passado. "Não fiz a denúncia como parlamentar do PSDB, mas como cidadão", afirmou ele que também apresentou outra denúncia, relativa ao sítio de Atibaia. Rocha quer afastar o discurso do PT de que o juiz Sérgio Moro tomou essa decisão agora para abafar os debates em torno do processo contra o presidente Michel Temer. Ele, inclusive, votará a favor do pedido de investigação contra o peemedebista. "Embora petistas e peemedebistas digam o contrário, para mim, o tríplex e o sítio de Atibaia são do Lula e a mala do ex-deputado Rocha Loures é do Temer", declarou.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.