Defesa de Lula diz que vai recorrer à ONU contra condenação dada por Moro

Advogados afirmam que recorrerão da decisão tanto nas Cortes nacionais quanto internacionais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/07/2017 17:04

Minervino Junior/CB/D.A Press
 
Após a sentença do juiz federal Sérgio Moro, de Curitiba, condenando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses de prisão, a defesa do petista informou que vai recorrer da decisão tanto em instâncias superiores de tribunais brasileiros quanto na Organização das Nações Unidas. 
 

"Estamos apelando e provaremos sua inocência em todas as cortes imparciais, incluindo as Nações Unidas", afirmou um assessor do escritório Teixeira, Martins Advogados à agência de notícias France-Presse. A defesa já recorreu à ONU em julho de 2016 e, em outubro passado, o órgão internacional aceitou analisar a denúncia da defesa.

Na sentença, dada nesta quarta-feira (12/7), Moro condenou Lula no caso do tríplex do Guarujá. No entendimento de Moro, Lula praticou corrupção, ao aceitar propina em forma do apartamento, e lavagem de dinheiro, por ocultar a propriedade do imóvel.

Durante todo o julgamento, a defesa de Lula acusou o juiz Sérgio Moro de imparcialidade e os membros do Ministério Público, responsáveis pela acusação, de prática de lawfare, ou uso de acusações mal embasadas para fins políticos. Na sentença, Moro nega qualquer interesse político na condenação e diz que a defesa adotou "táticas intimidatórias" durante todo o processo.

Tags: onu lula moro
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.