Joesley presta depoimento na PF de São Paulo sobre venda de ações

Os irmãos Batista estariam na PF para depor na investigação sobre a venda de ações nos dias que precederam a notícia sobre o acordo de delação e as aplicações no mercado de câmbio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/08/2017 11:04

O empresário Joesley Batista, sócio da holding J&F, que controla a JBS, presta depoimento nesta quarta-feira (9/8), na sede da Polícia Federal em São Paulo. Batista está no local para prestar depoimento na investigação sobre a venda de ações nos dias que precederam a notícia sobre o acordo de delação e as aplicações no mercado de câmbio.

Em 9 de junho, agentes da PF foram à sede do grupo, em São Paulo, em busca de documentos que podem ser úteis às investigações que foram instauradas para apurar os lucros milionários que a J&F, controladora da JBS, teve a partir do uso de informações privilegiadas sobre as delações de seus executivos na Procuradoria-Geral da República.

Este inquérito foi aberto por requisição do procurador-geral Rodrigo Janot. Os irmãos Joesley e Wesley Batista, principais acionistas do grupo e delatores da Lava-Jato, teriam auferido ganhos extraordinários no mercado de compra e venda de dólares e ações do grupo quando o teor das delações dos executivos estava na iminência de ser conhecido.

Joesley chegou à Polícia Federal em São Paulo por volta das 9h30, acompanhado apenas de seu advogado. Segundo seu representante, eles ainda avaliam se vão falar com a imprensa após o depoimento. Extraoficialmente, é esperado também que seu irmão, Wesley Batista, também venha depor às 14h.

Os irmãos Batista estariam na PF para depor na investigação sobre a venda de ações nos dias que precederam a notícia sobre o acordo de delação e as aplicações no mercado de câmbio.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.