Dodge: encontro com Temer foi decidido após pedido de suspeição de Janot

Encontro ocorreu no Palácio do Jaburu, no fim da noite, e não estava previsto na agenda oficial do presidente

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/08/2017 15:29 / atualizado em 09/08/2017 15:58

Antonio Cruz/Agencia Brasil

 
A reunião entre a procuradora-geral da República eleita, Raquel Dodge, e o presidente Michel Temer foi decidida após a defesa do peemedebista pedir a suspeição do procurador Rodrigo Janot. Por telefone, a procuradora afirmou ao Correio que o encontro já havia sido solicitado anteriormente. Mas foi marcado apenas na propria terça-feira (8/8), horas antes de ocorrer no Palácio do Jaburu, em Brasília. “O encontro foi solicitado há vários dias, mas só foi definido ontem”, assegurou Dodge.
 
 
Perguntada se a decisão ocorreu após o pedido de suspeição ser realizado pela defesa do presidente, ela disse que sim. De acordo com a procuradora, na reunião, foram tratados assuntos relativos à posse dela, às 10h30 de 18 de setembro. Em ofício, enviado para Janot, Raquel diz que a posse foi marcada para este dia porque o presidente tem ida marcada para a Assembleia Geral da ONU, em Nova York, e deve ficar por lá, pelo menos, até o dia seguinte.
 
Os advogados do presidente Temer protocolaram o pedido para que o procurador seja afastado dos processos envolvendo seu cliente, nos casos relacionados ao frigorífico JBS, às 16h. Raquel chegou ao Jaburu às 22h, no encontro que não estava marcado na agenda oficial de Temer.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
REGIS
REGIS - 09 de Agosto às 20:21
Se em reuniões agendadas acontecem conversas nada republicanas, imagina-se as não agendadas. Primeiro com o Gilmar, agora com a nova PGR. Sei não?!
 
José
José - 09 de Agosto às 17:52
Isto é AGRAVANTE ! - - - - - V.Sa. teria a obrigação de negar o encontro - se . . . . . . ! ! !
 
José
José - 09 de Agosto às 17:17
Golpe de mestre da corrupção ! Em um único dia e em ato contínuo: TENTA DESTITUIR UM PROCURADOR - - - - - E JÁ DEIXA O PRÓXIMO """""""AMARRADO"""""""""""" ! ! ! corrupto profissional é outra coisa ! ! !
 
deusdede
deusdede - 09 de Agosto às 16:22
Já começou outra falcatrua, pelo menos não vai ter escuta. É uma brincanagem