Governador do RN é investigado por organização criminosa e obstrução

Robinson Faria (PSD) é investigado por manobras ilegais para impedir ia apuração de desvio de recursos por meio de funcionários fantasmas na folha de pagamento da assembleia legislativa do estado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/08/2017 07:44 / atualizado em 15/08/2017 13:20

Dênio Simões/ Agência Brasília


O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), é alvo de uma investigação da Polícia Federal (PF), realizada nesta terça-feira (15/8). A Operação Anteros investiga a prática dos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça elo chefe do Executivo no Estado com a ajuda de servidores públicos. Como o processo corre em segredo de Justiça, a PF e o STJ não divulgaram mais detalhes sobre a operação. 


Leia mais notícias em Política

Segundo a PF, cerca de 70 policiais cumprem 11 ordens judiciais, sendo 2 de prisão e 9 de busca e apreensão. Todos os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo a PF, o governador não está entre os presos da operação.

Em nota, a PF afirma que o ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ, determinou que fosse iniciada investigação preliminar para apurar os crimes. As manobras ilegais tinham por objetivo encobrir que fossem investigados atos do executivo estadual relativos ao desvio de recursos públicos por meio da inclusão de "funcionários fantasmas", na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte. A ilegalidade ocorria desde 2006.
 
Em maio, ao denunciar 24 pessoas investigadas na Operação Dama de Espadas, o Ministério Público afirmou que os desvios dos cofres da Assembleia Legislativa podem superar os R$ 5,5 milhões. Segundo as autoridades, os recursos públicos eram desviados por meio da inclusão de funcionários fantasmas na folha de pagamento da assembleia.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.