Em gravação, delatores citam pagamentos ao senador Ciro Nogueira (PP-PI)

Eu falei assim, ó, Ciro, tá aqui, ó, esses 500, agora, e daí a gente encontra', diz Ricardo Saud em trecho da conversa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/09/2017 13:16 / atualizado em 05/09/2017 13:35

Moreira Mariz/Agência Senado

 
Trecho de áudio entregue pelos delatores do Grupo J&F à Procuradoria-Geral da República na última semana revela conversa entre o diretor de relações institucionais da companhia, Ricardo Saud, e o empresário Joesley Batista em que há referência ao senador Ciro Nogueira (PP-PI).
 

A gravação, divulgada no site da revista Veja, começa com o diretor do Grupo J&F, Ricardo Saud, comentando, em conversa com empresário Joesley Batista, sobre dificuldades para operar o equipamento.

Em determinado momento, ainda no início do arquivo, Saud faz referência com conotação sexual a Denise Leitão Rocha, ex-assessora parlamentar do senador que foi capa da revista Playboy, no segundo semestre de 2012. Denise foi exonerada do cargo que ocupava no gabinete de Nogueira em agosto daquele ano, depois que vídeo com imagens dela durante relação sexual se tornaram públicos.
 
 

Essa menção permite deduzir que os dois falam do senador. “Eu falei assim, ó, Ciro, tá aqui, ó, esses 500, agora, e daí a gente encontra, essa parte que você está falando e pega”, diz Saud. Em seguida, o diretor conta que dispensou a intermediação de alguém que seria irmão da pessoa a quem o diretor se refere no discurso. “Vamos fazer nós dois mesmos porque aí a gente vai para putaria e tal...”, prossegue. “Mas, ó, você sabe que a gente nunca deixou de te pagar nada.”

O gabinete de Ciro Nogueira recebeu pedido de manifestação do Correio no início da tarde desta terça-feira. A assessoria informou que não estava conseguindo contato com o senador. O espaço continua aberto à manifestação de Nogueira.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.