Senado debate, na semana que vem, situação de funcionários da JBS e J&F

Autor do requerimento, o Senador Paulo Paim (PT/RS), afirma que após a aprovação da reforma trabalhista e da Operação Carne Fraca, o setor teve inúmeras demissões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/09/2017 10:24 / atualizado em 15/09/2017 11:07

Marcelo Ferreira/CB/D.A. Press
A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal discutirá em audiência pública, na próxima segunda-feira (18/9), a situação dos trabalhadores da JBS e das demais empresas da Holding J&F Investimentos. O encontro debaterá a situação dos funcionários da empresa após a Operação Carne Fraca da Polícia Federal, deflagrada em março dessa ano, que resultou em inúmeras demissões.

Autor do requerimento, o Senador Paulo Paim (PT/RS), afirma que após a aprovação da reforma trabalhista e da Operação Carne Fraca, o setor teve inúmeras demissões e, por isso, a audiência se faz necessária. “Acho que a Polícia Federal fez o que tinha que fazer mesmo e fez outras operações em relação a essa questão. Agora, nós temos que ver, com a responsabilidade de quem está no Parlamento, como é que fica a situação dos trabalhadores. Eles não tiveram culpa nenhuma, e, como sempre – o ditado é popular – a corda estoura do lado da parte mais fraca”, ressaltou.

Vários presidentes e representantes do setor estão entre os convidados. Além disso, qualquer pessoa pode participar enviando perguntas e comentários por meio do Portal e-Cidadania ou do Alô Senado, no telefone 0800 61 22 11.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.