Alckmin diz acreditar que PSDB não terá mais que um candidato

Os votos serão definidos 30 dias antes da eleição, apostou o governador. "Esse momento é mais recall"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/10/2017 14:07

Minervino Junior/CB/D.A Press
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), minimizou nesta segunda-feira (2/10), o resultado das pesquisas eleitorais que o mostram em situação de empate com o prefeito da capital paulista, João Doria, do mesmo partido. "A eleição de 2018 vai começar depois que forem definidos os candidatos e os argumentos forem colocados", disse. 

Os votos serão definidos 30 dias antes da eleição, apostou o governador. "Esse momento é mais recall."

Questionado sobre a realização de prévias no partido, ele respondeu: "Eu acredito que não vai ter mais de um candidato. Mas, se tiver, quanto mais ampla a consulta para decidir, melhor "

Alckmin deixou nesta segunda o Ministério das Relações Exteriores, onde tomou um café com o ministro Aloysio Nunes Ferreira. Antes, o governador foi recebido pelo presidente da República, Michel Temer.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.