Bancada do PMDB no Senado decidiu aguardar decisão do STF sobre Aécio

O líder da bancada comunicou ao presidente da Casa Eunício Oliveira que o mais prudente neste momento é o Senado não deliberar sobre o assunto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/10/2017 18:37

A bancada do PMDB no Senado decidiu por maioria que é melhor aguardar a decisão do STF na sessão prevista para 11 de outubro, que definirá se o senador Aécio Neves (PSDB-MG) recuperará ou não o mandato parlamentar. O líder da bancada, Raimundo Lira (PMDB-PB), comunicou ao presidente da Casa Eunício Oliveira (PMDB-CE), que o mais prudente neste momento é o Senado não deliberar sobre o assunto.

Na semana passada, foi aprovado um requerimento de urgência para que senadores desafiassem a decisão do Supremo. Hoje, os advogados do PSDB e do tucano Aécio Neves apresentaram duas ações pedindo uma liminar com efeito suspensivo à pena aplicada ao tucano mineiro. As ações serão relatadas pelo ministro Edson Fachin. 

"Se o ministro FAchin, conceder a liminar, aí é uma decisão que interessa exclusivamente ao PSDB. Caso não conceda, a posição do PMDB até o momento continua sendo no sentido de aguardar a decisão do Plno do Supremo, no próximo dia 11", declarou Lira.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.