Em busca de apoio na Câmara, Temer recebe 42 deputados nesta terça-feira

Encontros ocorrem antes de o presidente entregar defesa contra denúncia feita por Janot

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/10/2017 09:29 / atualizado em 03/10/2017 12:32

Sergio Lima/AFP
 
O presidente da República, Michel Temer, terá uma agenda cheia – e incomum – nesta terça-feira: em busca de apoio político para barrar a segunda denúncia contra si, que tramita na Câmara dos Deputados, Temer receberá, durante todo o dia, 42 deputados. Apenas hoje, 8% de todos os 513 parlamentares devem visitar o Palácio do Planalto.
 
A programação oficial ainda conta com breves reuniões com os ministros do Esporte, Leonardo Picciani, e da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, além do presidente da Oi, Marco Schroeder. Mas a terça-feira será tomada por reuniões com representantes da base aliada, incluindo partidos como PR, PSB, DEM e PSDB. A maioria dos parlamentares convidados integra o baixo clero, mas entre os 42 nomes estão o líder do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE) e do PMDB na Câmara, Baleia Rossi (SP).
 

 
A deputada Shéridan (PSDB-RR), relatora de um dos projetos sobre reforma política na Câmara, expressou em seu Instagram desconhecer o convite – ela deveria ser recebida às 20h40, junto com a bancada de Roraima. “Não tenho agenda com o presidente, não estou nem sabendo dessa reunião”, escreveu.
 

Esforço da semana 
 

O esforço do poder executivo em obter votos suficientes para barrar a denúncia, pedindo ao STF que investigue Temer e seus ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco por obstrução da justiça no caso da JBS, deve concentrar grande parte dos esforços do governo durante a semana.
 
A função de articulação com deputados, tradicionalmente, cabe ao ministro-chefe da Secretaria de Governo, cargo que hoje é de Antônio Imbassahy (PSDB). Imbassahy também é deputado federal, mas mantém uma relação tensa com a Casa – no último dia 13, Imbassahy protagonizou uma discussão com o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), no salão verde da Câmara, durante cerimônia de assinaturas de contrato.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.