Juiz nega avaliação da saúde de Maluf por perito particular

Defesa do parlamentar alega que ele enfrenta graves problemas de saúde e pede prisão domiciliar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/12/2017 15:45 / atualizado em 26/12/2017 18:57

AFP / Sergio Lima

O juiz Bruno Aielo Macacari, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal (VEP), negou um pedido da defesa do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) para que um perito contratado por ele faça uma avaliação do seu estado de saúde. Os advogados afirmam que o político sofre de câncer de próstata e problemas cardíacos e pedem que o parlamentar tenha o direito de cumprir prisão domiciliar.
O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, entrou com o pedido por considerador que o cliente "tem direito a ser examinado por um profissional de confiança". 


Maluf está na Papuda  


Maluf está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP), do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Ele foi condenado por movimentar dinheiro desviado da Prefeitura de São Paulo em contas no exterior. 

Uma série de exames realizados pelos peritos do Instituto Médico Legal (IML), da Polícia Civil, aponta que o deputado está com problemas degenerativos na coluna, tumor na próstata e hipertensão arterial. No entanto, os especialistas concluíram que o atendimento médico ao detento pode ser prestado dentro do estabelecimento prisional.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.