LAZER

A arte de brincar

O Bazar da Moda - Revista do Correio contará com uma brinquedoteca para que pais e filhos possam aproveitar o evento - cada um a seu modo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/07/2011 15:26 / atualizado em 08/07/2011 19:04

Maria Júlia Lledó

Carlos Vieira/Esp. CB/D.A.Press
Crianças têm hora para estudar, comer, dormir… E, sim, hora para brincar! Principalmente se os pais precisam resolver algum compromisso e lá vão elas acompanhando. Aí mesmo é que não abrem mão de se divertir. Se elas avistam um espaço onde a brincadeira corre solta, é para lá que correm. Por isso, enquanto os pais estiverem visitando o Bazar da Moda — Revista do Correio, em 17 e 18 de setembro, no Pontão do Lago Sul, terão a opção de deixar os filhos em uma brinquedoteca. Novidade desta edição do evento, o espaço foi criado pela Boobambu Academia da Criança, especializada em desenvolvimento infantil, e vai contar com mais de 20 profissionais para se revezar nos cuidados e nas atividades com a criançada.

Cama elástica, túnel, aula de artes plásticas, jogos e contação de histórias serão algumas das atividades oferecidas para crianças de 3 a 12 anos na brinquedoteca. “A ideia é levar um pouco da Boobambu para um espaço onde elas vão poder interagir. No entanto, cada idade contará com brinquedos próprios”, destaca a educadora física Silvia Lobato. Sócia da empresa, ela conquistou, no mês passado, o troféu prata na categoria pequenos negócios do prêmio Sebrae Mulher de Negócios.
Irmã e sócia de Silvia, a psicóloga Stela Lobato também valoriza o ato de brincar. “A brincadeira permite a livre expressão de fantasias e o aprendizado constante para as crianças. Só assim, elas aprendem, descobrem… Com brincadeira, você está falando a língua delas. Você se vincula e elas pela diversão”, explica.

De acordo com o clínico-geral e desenvolvedor de jogos Lucio Abbondati, quando a criança brinca, a criatividade dela é estimulada. “Na brincadeira, testam-se possibilidades, simulam-se atitudes, corre-se o risco de perder e de ganhar. Por isso, brincar leva o cérebro a fazer escolhas e tomar decisões. Brincando, as crianças aprendem. Até porque o brinquedo exercita a capacidade de transformar um graveto em um avião, de flexibilizar respostas pré-marcadas. E isso é riquíssimo em uma sociedade na qual inovação é um diferencial”, pondera o especialista.

Por isso mesmo, mães e pais dão cada vez mais valor ao momento em que os pequeninos querem pintar o sete. Seja em casa, na escola, no clube ou em uma brinquedoteca. Megle Caetano Cunha Moraes, mãe de Júlia, 8 anos, valoriza a brincadeira em casa como um momento de estreitar os laços com a filha. Ela também não priva a menina do ato de brincar quando precisa resolver outros assuntos fora de casa. “Numa brinquedoteca, as crianças podem brincar tranquilamente enquanto nós, pais, podemos resolver outros assuntos. Mas não deixe de levar em conta a segurança do seu filho”, aconselha.

Saiba mais
A expectativa é de que pelo menos 15 mil pessoas visitem as atrações da segunda edição do Bazar da Moda — Revista do Correio. Estão previstos 39 estandes com novidades do mundo da moda, da beleza, da gastronomia, entre outros segmentos. Quem quiser ver uma prévia do evento poderá participar de uma degustação no shopping Iguatemi entre 7 e 10 de setembro. Estão previstos desfiles, workshops e consultoria de profissionais de cabelo, maquiagem e estilo. Mais informações no (61) 3214-1559 ou no (61) 3214-1235.

Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.