PHOTO & GRAFIA

A música caminhando no asfalto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/07/2015 08:00 / atualizado em 03/07/2015 19:57

Zuleika de Souza

Zuleika de Souza/CB/D.A Press
Cento e poucos prédios formam o Setor Comercial Sul. Projetado por Lucio Costa, o conjunto é o que temos de mais parecido com uma cidade convencional. Dr. Lucio gostaria que lá não houvesse carros, que automóveis só usassem as vias de serviço. Desenhou cinco quadras de prédios baixos que são interligados por galerias e uma quadra para prédios mais altos, perto do eixo. Três praças, hoje muito mal-conservadas, são o local de descanso dos trabalhares na hora do almoço. Sábado passado, o Museu dos Correios proporcionou à cidade o Brasilidade Jazz, com Raul de Souza, Spok Quinteto e João Bosco. AFunqquestra, banda local, tocou na via em frente ao museu. Foi supersimpático. Famílias, gente de bicicleta, trabalhadores depois do batente... Com esse projeto, o museu quer chamar a atenção para potencial do SCS. Quem sabe não sai um projeto de revitalização... Nesse momento de lei do silêncio, é um ótimo lugar para eventos musicais. Falando nisso, hoje tem no Eixão Norte, a partir das 10h, na altura da 214, um evento-manifesto: a Primeira Virada de Choro. Vai até as 17h, com diversos chorões da cidade.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.