CASA

Ano dourado

No que depender dos caçadores de tendências, 2016 vem radiante para espantar o pessimismo e agregar nobreza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/11/2015 08:00 / atualizado em 13/11/2015 18:50

 

Coral Tintas/ Divulgação

 


No mês passado, a Coral Tintas definiu o tom que vai reger a decoração de 2016 (já chegamos ao fim do ano!). A cor não é escolhida aleatoriamente — há uma pesquisa global feita na Holanda que monitora o que vem por aí em várias áreas. O estudo indica o tom que mais se destaca entre os lançamentos. Este ano, os pesquisadores definiram que a maioria das tendências apontava para um toque de ouro. É um material e um tom recorrente no mundo do design, da moda, da beleza e da arquitetura. Para refletir esse ambiente, a cor escolhida pela marca de tintas é o Ouro Monarca, um ocre puxado para o dourado, levemente brilhante. E o objetivo não é só levar riqueza para dentro do lar: o ouro também funcionaria como forma de destacar elementos da decoração e em objetos pontuais.

 

Coral Tintas/ Divulgação

 

A pesquisa revela outras tendências para o próximo ano. Em Tradição e Futuro, a ideia é se inspirar no passado para projetar o que vem pela frente. Nesse contexto, o vermelho ganha força, pois reflete a tradição, mas também tem uma pegada contemporânea. Em tempo de comunicação com imagens, as palavras vêm ganhando espaço na decoração há algum tempo. A tendência Palavras e Imagens reforça essa ideia com uma paleta de azuis e grafites.

 

A escuridão e a poluição luminosa a qual somos expostos ganham destaque em Claro e Escuro. O recomendado aqui é optar pelas cores escuras nas paredes em contraste com o claro dos móveis e dos acessórios. Já em Estrutura e Liberdade, o destaque fica por conta das amarras que a sociedade tenta quebrar para se encontrar. A moda do faça você mesmo é uma grande prova de que há a necessidade de produzir algo físico enquanto a vida fica cada vez mais virtual. E essa tendência fala sobre o caos controlado, sobre o uso de formas orgânicas e de cores vivas para sair do mundo quadrado, preto e branco. %u3000

 

Leia a reportagem completa aqui. Para assinar, clique aqui

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.