Encontro com o Chef

Brasiliense apaixonada por brigadeiro largou tudo para virar confeiteira

Apaixonada pelo tradicional doce, Raquel Brasil desistiu de seguir carreira no direito para se tornar uma confeiteira de mão de cheia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/07/2017 08:00 / atualizado em 07/07/2017 18:07

Luis Nova/Esp. CB/D.A Press

Como quase toda criança, Raquel Brasil era apaixonada por brigadeiro. Mais que isso: amava preparar o doce e distribuí-lo entre os parentes e os vizinhos, sempre no ponto perfeito. “Aos 10 anos, essa era a única coisa que a minha mãe deixava eu fazer na cozinha”, recorda-se. A menina cresceu, começou a cursar direito e, nas festinhas da faculdade, sempre ficava encarregada de levar a delícia de chocolate. “Tudo mundo vivia perguntando por que eu não vendia os doces.”



Aquele questionamento ficou martelando na cabeça de Raquel e, chegada a hora da formatura, a jovem se viu em um dilema: mergulharia nos estudos para prestar um concurso público e realizar um antigo desejo de ser delegada, ou se dedicaria ao sonho cada vez mais real de trabalhar com confeitaria? “Conversei com os meus pais e o que ouvi deles foi que eu tinha uma única obrigação: a de ser feliz”, recorda-se emocionada.

Raquel começou a pôr em prática um projeto. Abriu uma microempresa, equipou a cozinha de casa e correu atrás de especializações, fazendo todos os cursos disponíveis na área. Assim, surgia, há três anos, a ChocoQuel. No início, a família e os amigos eram os principais clientes. Hoje, a jovem brasiliense não passa um fim de semana sem encomendas, feitas, principalmente, pelas redes sociais.

A primeira paixão da doceira se tornou o carro-chefe da ChocoQuel e, além do doce tradicional, ela tem cerca de 25 receitas do que chama de brigadeiro especial. “Temos essa moda de brigadeiro gourmet. Mas o que é gourmet? É um produto artesanal feito com material de alta qualidade. Sei que o meu é, mas não quero entrar nessa onda. Prefiro chamar o meu brigadeiro de ‘especial’ porque é isso que ele é”, define.

Assim, Raquel oferece brigadeiro de caipirinha; crème brûlée; romeu e julieta; leite ninho com nutella; frutas vermelhas e até de chiclete. Uma das sensações, conta a confeiteira, é o de amarula. Além do recheio, ela coloca uma pequena seringa, com o licor, espetada ao doce. “As pessoas podem injetar a bebida à medida que comem. Outras preferem pôr a amarula diretamente na boca e morder o brigadeiro. Isso dá uma explosão de sabor”, ensina.

Nas festas infantis, a preferência ainda é pelos doces mais tradicionais, só que com um diferencial: a personalização com o tema da festa. Raquel faz o trabalho artesanalmente, doce por doce, e — detalhe — sozinha. Sim, ela não conta com ajudantes. “Já cheguei a preparar 900 brigadeiros personalizados para uma única encomenda. Para mim, funciona como uma terapia. Se tenho um problema, deixo do lado de fora e fecho a porta da cozinha”, brinca.

Mas não só de brigadeiros vive a ChocoQuel. A confeiteira trabalha com pão de mel, biscoitos amanteigados, cheese cake e todo tipo de guloseimas. “Só doces”, como faz questão de ressaltar. “Sou uma péssima cozinheira de salgados”, diverte-se. Há cerca de um ano, a brasiliense também começou a trabalhar com bolos. “Foi uma necessidade de mercado. Quando os clientes me procuravam para fazer encomendas, queriam o pacote completo.” Desde então, ela tem estudado e se aperfeiçoado para entregar os mais belos e deliciosos bolos.

Para a coluna, Raquel ensina a receita do brigadeiro de cappuccino. Acompanhei o processo de preparação e eu, que pensava que sabia fazer um brigadeiro, descobri uma série de truques que, certamente, facilitarão a minha vida em empreitadas futuras (leia Os sete mandamentos). Para se lambuzar sem culpa!

Brigadeiro de cappuccino

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado (395g)
  • 1 caixa de creme de leite (200g)
  • 30g de leite em pó
  • 5g de café solúvel
  • 200g de chocolate branco em pedaços
  • 20g de glucose
  • Açúcar refinado
  • Canela


Modo de fazer

  • Em uma panela de fundo grosso e com o fogo desligado, coloque o leite condensado e o leite em pó. Com uma colher de silicone, mexa bem até dissolver todo o leite.
  • Acrescente o creme de leite, ainda com o fogo desligado, e continue misturando bem.
  • Na sequência, ponha o café solúvel, sempre mexendo, e o chocolate branco picado.
  • Quando todos os ingredientes estiverem bem misturados, ligue o fogo baixo. Continue a mexer.
  • Quando começarem a soltar as primeiras borbulhas, coloque a glucose.
  • O ponto certo é quando, além de estar solto da panela, o brigadeiro sai da colher em bloco (assista ao vídeo).
  • Ao chegar a esse ponto, desligue o fogo, ponha o brigadeiro em um recipiente, espalhe de forma uniforme e deixe esfriar em temperatura ambiente.
  • Quando estiver frio, coloque um papel filme sobre a massa e leve à geladeira.
  • No dia seguinte, tire o papel filme, enrole os brigadeiros e passe no açúcar com canela. Decore com um grão de café.

Luis Nova/Esp. CB/D.A Press

Os sete mandamentos

1 - Para fazer um brigadeiro perfeito, use sempre uma panela de fundo grosso. Raquel, por exemplo, prefere a de teflon.

2 - A colher de pau é coisa do passado. Para obter um melhor resultado, dê preferência à de silicone. “Ela é conhecida entre os confeiteiros como ‘pão-duro’ porque consegue tirar todas as raspinhas e não sobra nada para ‘lamber’ da panela ao final”, diverte-se Raquel.

3 - Quando for enrolar o brigadeiro, não use margarina ou manteiga nas mãos. Tenha sempre um pote com água ao lado e vá molhando levemente as mãos.

4 - O uso da glucose ajuda a dar brilho, maciez e a não açucarar o brigadeiro.

5 - O ponto certo do brigadeiro não é apenas quando ele se solta da panela, mas quando também desce em bloco pela colher.

6 - Sempre deixe para enrolar o brigadeiro no dia seguinte ao preparo. A massa deve permanecer na geladeira embalada em papel filme. Esse tempo ajuda a chegar ao ponto certo para enrolar.

7 - A base de um brigadeiro especial é: uma lata de leite condensado, uma caixa de creme de leite e 200g de chocolate branco. A partir daí, você pode usar o ingrediente que quiser para “gourmetizá-lo”.

Serviço

ChocoQuel
Instagram: @chocoquel
Facebook: chocoqueloficial
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.