Encontro com o Chef

Johnnie Burger foge da moda gourmet, mas sem perder a qualidade americana

Em tempos de dinheiro curto, empresário aposta em hambúrgueres criativos e promete mais novidades especiais para satisfazer o bolso e o paladar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/11/2017 07:00

Rafael Lobo/Divulgacao;
Em tempos de gourmetização, Matheus Ramalho não se envergonha — ou melhor, até se orgulha — de dizer que o hambúrguer que serve na rede que criou há seis anos não tem nada de gourmet. Pelo contrário, ele vem de forma desconstruída, tal qual as melhores casas norte-americanas, de onde o modelo é inspirado.

“O que nós prezamos são a qualidade e o sabor. Os nossos hambúrgueres são feitos artesanalmente e com carnes de primeira”, ressalta o empresário. A fórmula parece que tem dado certo, tanto que, desde a inauguração do primeiro Johnnie Burger, em 2011, em Águas Claras, já são seis unidades espalhadas pelo Distrito Federal.

A mais recente, inaugurada há menos de um mês, vem inclusive com um desafio: criar no brasileiro o hábito de comer hambúrguer no almoço. A casa do Conjunto Nacional, a primeira em um shopping, oferece os tradicionais hambúrgueres e carnes grelhadas do Johnnie, só que acompanhados de feijão, arroz, legumes, saladas e massas.

Nos primeiros dias de funcionamento, o sistema de bufê conquistou muitos clientes. “Oferecemos um excelente custo-benefício”, Ressalta Matheus. Para ele, a crise fez o brasileiro repensar os seus hábitos. “As pessoas querem comer bem, mas se recusam a pagar muito caro. Depois do Masterchef, não tem essa de servir qualquer coisa.”

Publicitário de formação, Matheus cresceu na cozinha do restaurante dos pais, que até hoje atuam no ramo de alimentação. Quando decidiu que ia deixar a publicidade para empreender, logo viu que seria também nessa área. “Na época, havia a febre das temakerias e quase não tinha hamburgueria na cidade com esse conceito artesanal — na verdade, só havia uma. Vi que aquele poderia ser um bom negócio.”

Antes de abrir as portas, Matheus fez uma ampla pesquisa de mercado. Foi diversas vezes a São Paulo, onde esse modelo de hamburgueria já era sucesso, e aos Estados Unidos. “No Johnnie, não tem frescura, mas, ao mesmo tempo, é um lugar agradável, com a cozinha à vista, as mesas espaçadas. Aqui, do público A ao C, todos se sentem em casa. Ou melhor, como se estivesse na casa do Johnnie.”

Depois de entrar nesse ramo, recorda-se Matheus, veio a onda dos food trucks. “E isso nos favoreceu muito, porque ajudou a difundir os hambúrgueres.” Sem perder o foco no seu carro-chefe, o empresário passou a incluir outros pratos ao cardápio, como o filé à parmegiana, o Parmejohnnie, que ele compartilha com os leitores. “Eu mesmo desenvolvi essa receita, e é um sucesso absoluto na casa.”

Apaixonado pelas panelas, Matheus também se orgulha de ter criado todos os demais pratos do cardápio. “Não tenho formação como chef de cozinha, mas todas as receitas são minhas, do blend de carne às sobremesas.” E promete que ainda vem muita novidade por aí.


Parmejohnnie

Rafael Lobo/Divulgacao;
A carne
900g de filé mignon divididos em 6 bifes de 150g
2 colheres de azeite
1 colher rasa de tempero de carne
1 colher rasa de alho e sal
1 colher de shoyo
2 ovos
2 colheres de leite
Trigo
Farinha de rosca
Queijo muçarela
Queijo parmesão ralado

Modo de fazer
Bata um pouco a carne com o martelo de bife, protegendo com um plástico. Misture os temperos e passe a carne no molho (dos dois lados). Bata 2 ovos e 2 colheres de leite. Passe a carne no ovo. Depois, passe no trigo e na farinha de rosca. Reserve as carnes em vasilha de plástico apropriada.

O molho
1 kg de pomodoro pelati
4 colheres de manjericão fresco
1 colher rasa de sal

Modo de fazer

Bata levemente no liquidificador. Leve a mistura ao fogo até ferver e reserve

Preparo do prato

Frite a carne em gordura quente por 3 minutos. Coloque a carne em tigela específica que possa ir ao forno e ponha parte do molho. Ponha queijo muçarela e acrescente o restante do molho. Coloque parmesão ralado e leve ao forno para derreter o queijo.

Montagem no prato

Coloque uma porção de arroz e uma porção de batata frita, inclua a carne e um ramo de manjericão por cima. Acrescente molho nos espaços vazios do prato e salpique manjericão seco.


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.