Em comunicado, HP diz que vai abandonar o mercado de tablets e smartphones

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/08/2011 01:00 / atualizado em 19/08/2011 09:07


A HP está abandonando o mercado de tablets e smartphones. Em anúncio divulgado nesta quinta-feira (18/8), a empresa também informou que está considerando separar sua divisão de computadores pessoais - seria criada uma nova empresa - e que também estaria negociando a Autonomy, uma fabricante de software que busca e rastreia dados de empresas e governos. Entre seus clientes, estão a BP, a Ford e o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

O anúncio foi feito por Leo Apotheker, executivo-chefe da HP, para fortalecer a empresa na área de produtos e serviços corporativos. Segundo Apotheker, as mudanças são "decisões difíceis" que visam "transformar a HP para o futuro".

Com a nova filosofia da HP, os aparelhos com webOS vão ser descontinuados, como os celulares das famílias Pre e Pixi e o tablet TouchPad, um fracasso de vendas. A Best Buy, parceira da HP no lançamento do tablet, vendeu menos de 10% das 270 mil unidades recebidas e tenta devolver o estoque para a fabricante.

A HP informou que procura alternativas para sua divisão de computadores pessoais (o PSG, Personal Systems Group). Segundo o comunicado de Apotheker, várias opções está sendo consideradas, como uma parcial ou total separação do PSG do restante da companhia.

O preço da fabricante de software britânica Autonomy pode chegar a quase US$ 10 bilhões. Seria a terceira maior aquisição da história da HP. As outras duas anteriores foram a Compaq e a Electronic Data Systems.

Confira o comunicado ofical aqui.
Tags: