Blogs de amantes de animais de estimação é um ramo lucrativo nos EUA

EUA é um país onde 62% dos lares contam com pelo menos um animal de estimação e seus donos podem gastar 53,3 bilhões de dólares com eles

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/05/2013 19:15

France Presse

TYSONS CORNER - O sucesso dos blogs sobre animais de estimação é tanto nos Estados Unidos que seus autores celebram a quinta conferência anual sobre o tema, neste sábado (18/5), em Virgínia (leste), e muitos sonham em deixar o trabalho para se dedicar a um setor que se tornou muito lucrativo.

Quando Dexter, um cocker inglês, rompeu o ligamento de uma das patas traseiras há algumas semanas, ele não sofreu em silêncio: sua dona pediu conselhos em uma postagem no blog.

"O veterinário me disse que o cão precisava de uma cirurgia e pensei, 'Sabe, acho que deve haver outra opção'", contou Carol Bryant, autora da revista web sobre cães "A Fidose of Reality".

Os leitores do seu blog responderam que Dexter não tinha por que passar pelo bisturi e poderia, ao contrário, fazer um tratamento a laser ou usar um aparelho ortopédico durante seis meses.

Dexter progrediu tanto que pôde acompanhar Bryant da zona rural na Pensilvânia (leste), onde moram, até um subúrbio de Washington, para participar da Fifth Annual BlogPaws Conference, a maior conferência de blogueiros de animais de estimação dos Estados Unidos, que reúne as pessoas que demonstram seu amor pelos animais nas redes sociais.

Blogueiros com salários de seis dígitos

A rede tem 2.200 membros, segundo sua fundadora, Yvonne DiVita, que escreve sobre seu gato e seus três cães do Colorado (oeste), em um blog intitulado "Scratchings and Sniffings".

"Calculo que atingiremos cerca de 3.000 ao final deste ano", declarou à AFP, enquanto os blogueiros (predominantemente mulheres) e seus bichinhos (predominantemente cães) lotavam o hall do hotel Sheraton.

Em um país onde 62% dos lares contam com pelo menos um animal de estimação e onde seus donos podem gastar 53,3 bilhões de dólares com eles, segundo dados da American Pet Products Association, estes blogueiros são levados muito a sério pelas empresas do setor.

No hall de exibição da conferência se reunia os pesos pesados do setor alimentício, como Nestlé, que fabrica comida para animais de estimação através da marca Purina, ou empresas que revitalizam o nicho, como a emergente Spoiled Pup Boutique, casa de moda canina nova-iorquina, decididos a captar a atenção dos blogueiros para que provem e recomendem seus produtos.

Leia mais notícias em Tecnologia

"Os leitores e seguidores dos blogs para animais de estimação são muito fiéis e confiam na recomendação dos blogueiros", explicou Bridget Evans, de San Diego, na Califórnia (oeste), que representa a VetIQ, uma nova empresa no ramo dos cuidados com saúde e suplementos médicos para os pets.

Segundo DiVita, alguns blogueiros populares, com um longo e sólido histórico e um grande número de seguidores, poderiam deixar seu trabalho diário e ganhar um salário médio ou inclusive superior através de anúncios na internet.

"Conheço blogueiros que ganham mais do que salários de seis dígitos", afirmou, enquanto outros conseguem tirar algumas centenas de dólares.

"Somos como as estrelas de rock da indústria pet", acrescentou Bryant, advertindo que o sucesso nos blogs é encontrar uma única voz e mantê-la de forma real no tempo. "Você precisa ser você mesmo quando bloga", aconselhou.

Blogar para informar

O colunista especializado em animais Steve Dale afirma que seu blog "My Pet World", que ela atualiza diariamente, é um dos mais lidos entre dos abrigados pelo portal Chicago Now, do Chicago Tribune, com até 100.000 seguidores por mês.

"É incrível que um blog de animais de estimação esteja entre os 20 primeiros e aqui está o meu segredo: não tenho nem ideia do que estou fazendo", explicou à AFP Dale, dono de dois cães, um gato e um lagarto.

Na verdade, ele tem uma ideia, sim: blogar permite a Dale cobrir as últimas notícias de pets. "No mundo dos animais de estimação há notícias, acreditem ou não", garante, como uma retirada de produtos de comida para amimais que de outra forma não chegaria aos jornais.

Dale, um dos principais oradores da conferência, quer atrair a atenção dos outros blogueiros sobre algumas tendências preocupantes em relação à saúde dos bichinhos: há menos animais acompanhados por veterinários e mais infestações de pulgas e parasitas (dirofilariase).
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.