Pesquisa mostra que 41% dos brasileiros usam aplicativos para fazer compras

O app mais usado para fazer compras é o do Mercado Livre. Outros setores, como o de prestação de serviços, hotelaria, ingressos e bancos também foram mensurados. Os que mais compram são homens com idade entre 18 e 45 anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/10/2015 19:31 / atualizado em 06/10/2015 19:33

 Ed Alves/CB/D.A Press
 

As pessoas estão se rendendo à facilidade das compras remotas por meio de aplicativos para smartphone, seja para comprar um produto novo, seja para, apenas, ter o jantar entregue em casa. Uma pesquisa encomendada pelo portal Mobile Time indica que 41% das pessoas realizaram pelo menos uma compra por meio de aplicativo móvel nos últimos seis meses. A maioria dos compradores (43%) eram homens e 39%, mulheres. As pessoas que mais usam apps para comprar (44% de todos os entrevistados) têm idade entre 18 e 45 anos.

 

A lista de aplicativos mais utilizados é longa: os mais mencionados foram Mercado Livre (27,4%), AliExpress (19,7%), OLX (13,5%), Americanas.com (11,4%) e iFood (10,9%). As marcas citadas por 5% a 10% dos usuários foram Submarino, Dafiti, Extra, Peixe Urbano, Casas Bahia e Wish. Com 3% a 5% das citações apareceram Privalia, Netshoes, Buscapé, Ponto Frio, Saraiva, Groupon, Amazon, Ebay e Magazine Luiza.

 

Os eletroeletrônicos lideram a lista de produtos adquiridos pelos compradores (30% deles). Os acessórios de moda estão na segunda posição do ranking, com 29% das compras realizadas. Em seguida, vêm as roupas, com 26%, comida (25%), livros (25%), eletrodomésticos (19%), artigos esportivos (16%), cosméticos e higiene pessoal (13%), CDs ou DVDs (13%) e utensílios domésticos (13%).

 

Thomas Olive/AFP

O táxi lidera o setor de contratação de serviços por meio de aplicativos. Nos últimos seis meses, 18% dos brasileiros afirmaram ter solicitado um táxi dessa forma 30% disseram utilizar o 99 Táxis, 25% mencionaram o Easy Taxi e 10%, o Uber. No mesmo período, 26% dos entrevistados solicitaram refeições via apps. O delivery de comida mais utilizado pelas pessoas (50%) é o iFood. Outras marcas citadas, com menos de 5% cada, foram Pedidos Já, China In Box, hellofood e Habib’s.

 

O mercado de hotelaria também foi foco da pesquisa: 12% dos entrevistados fizeram reservas de hospedagem nos últimos seis meses. Booking e Htl Urbano foram mencionados por 15% a 17% dos participantes. Decolar.com e Trivago, apareceram em seguida, com 12% cada. Hoteis.com e Trip Advisor ficaram com menos de 10% cada um. 


Outro setor pesquisado foi o da compra de ingressos: 21% dos entrevistados confirmaram ter comprado bilhetes para shows e sessões de cinema via apps. O Ingresso.com foi citado pela maioria, cerca de 43% dos entrevistados. Em seguida, aparecem Cinemark e Ingresso Rápido, com menos de 10% cada.

 

Os apps bancários têm maioria ainda mais forte — 64% dos entrevistados afirmaram usar os aplicativos para realizar transações financeiras. Entre os serviços utilizados, 98% citaram a consulta de saldo ou extrato; 54%, pagamento de contas e 45%, transferências.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.