Americano escreve livro ao vivo na internet com interação de leitores

Pckwck é inspirado no primeiro romance do escritor inglês Charles Dickens, As Aventuras do Sr. Pickwick, publicado entre 1836 e 1837

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/10/2015 15:59 / atualizado em 16/10/2015 17:51


A imagem do escritor recluso que trabalha furtivamente na madrugada, envolto em cortina de fumaça de cigarro, escondido atrás da máquina de escrever, ou num café vazio pode dar lugar a outro modo de trabalho muito mais, digamos, conectados. É o que um coletivo editorial dos Estados Unidos tentou fazer. Desde a última segunda-feira, o autor Joshua Cohen escreve o livro pckwck direto na internet, com atualização em tempo real e comentários ao vivo de espectadores. Ao clicar na tela, o leitor deixa "corações" nos trechos que gostou – os comentários da "audiência" são eventualmente incorporados à narrativa. Confira aqui o resultado.

 

Reprodução/English Kills Reviews


A ideia partiu da Useless Press, um coletivo online que visa publicar projetos inéditos. “É um sonho. Não existia nada como isso na internet - ainda”, conta Alix Rule, uma das fundadoras da editora. O projeto começou menos de um mês atrás e todo o sistema do site foi desenvolvido do zero por Sam Lavigne, parceiro de Rule.

 
Pckwck
é inspirado no primeiro romance do escritor inglês Charles Dickens, As aventuras do Sr. Pickwick, publicado entre 1836 e 1837, em formato similar ao folhetim. A versão contemporânea de Cohen, entretanto, é bem diferente: não segue uma ordem cronológica e muda de formato. O terceiro capítulo segue o padrão de um roteiro cinematográfico; já o quarto assuma a forma de um e-mail.


Reprodução


Uma pequena série de livros baseados no pckwck.com será publicada, segundo a editora. “Não sabemos o que estará neles, já que nem o livro inteiro existe ainda”, ressalta Alix Rule. O lucro das vendas será revertido para a União Americana pelas Liberdades Civis.


Para Rule, o maior desafio do pckwck é da própria equipe conseguir trabalhar em outros projetos enquanto o livro está sendo escrito: “É difícil não ficar só assistindo”. Na quinta (15/10), mesmo após Cohen parar de escrever, ainda havia 130 leitores online, conversando e interagindo no chat.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.