Austrália bane jogo que sugere matar aborígenes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/01/2016 14:53

Um videogame para telefone celular que propõe matar aborígenes australianos foi retirado neste sábado de algumas lojas depois que mais de 50.000 pessoas assinaram uma solicitação contra seu caráter "racista".

O aplicativo, "Survival Island 3 -- Australia Story" (A ilha da sobrevivência 3 -- Uma história da Austrália), incita os usuários a encontrar meios de sobrevivência "num dos lugares mais perigosos do mundo", combatendo inclusive os aborígenes.

A petição, publicada no site change.org, exigia a retirada do aplicativo alegando que "matar australianos nativos não é um jogo".

"Vender jogos que promovem o racismo e os estereótipos negativos sobre os australianos nativos não é aceitável", escrevem os autores dea petição.

No sábado o iTunes da Apple e a Google Play haviam deixado de vender o jogo.

A Austrália tem cerca de 470 mil aborígines para 23 milhões de habitantes, uma população marginalizada com grande dificuldade no âmbito da saúde, do emprego e da educação.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.