Nuvem da Apple se torna cliente da Google, informa site americano

O contrato assinado no ano passado custaria à Apple entre 400 e 600 milhões de dólares por ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/03/2016 19:29


Nova York, Estados Unidos - A Google é fornecedora da Apple para seu serviço de armazenamento digital de dados, conhecido como nuvem ou "cloud", informou nessa quinta-feira (17) o site americano especializado Re/code citando fontes anônimas próximas ao acordo.

O contrato assinado no ano passado custaria à Apple entre 400 e 600 milhões de dólares por ano, garantiu a Re/code. Mas poderia ser um trato de curta duração porque a Apple está construindo sua própria infraestrutura.

Além de seu caráter simbólico, este contrato oferece à Google um impulso importante em sua guerra contra a Amazon e a Microsoft no lucrativo mercado dos serviços informáticos imateriais.

A Apple, que atualmente não tem a infraestrutura necessária para administrar todos os seus serviços em nuvem, também utiliza a Amazon Web Services (AWS).

A AWS é uma divisão de Amazon especializada em "cloud computing". É uma das principais fontes de recursos do gigante do comércio on-line.

A Apple também recorre à Azure, um braço da Microsoft que também é especializado em serviços na nuvem.

Leia mais notícias em Tecnologia

Microsoft, Google e Amazon permitem que empresas e governos utilizem seus servidores em vez de construírem suas próprias infraestruturas informáticas. É um modelo de negócios atrativo porque oferece maior flexibilidade e menores custos aos clientes.

A Amazon domina este mercado, seguido pela Microsoft. A Google, terceiro, mas longe dos dois anteriores, oferece preços menores, para tentar se aproximar dos concorrentes.   

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.