Página da vez: "Ajeita para mim" traz montagens inusitadas dos usuários

Objetivo da página, que tem mais de 440 mil seguidores, é brincar com usuários que pedem correções em suas fotos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/03/2016 17:55 / atualizado em 23/03/2016 17:56

 

 

Você certamente já tirou aquela foto que seria perfeita, não fosse a presença de um desconhecido ao fundo. Ou então fez um registro digno de estampar a capa de uma revista, porém a posição dos dedos do pé lhe incomodou. Com a ajuda de programas de edição, consertar esses problemas seria uma tarefa muito simples. Mas, como quem impera na internet é o bom humor, uma página do Facebook tem se dedicado a modificar essas imagens para colocar as pessoas em situações ainda mais embaraçosas.

A “Ajeita pra mim” nasceu em março de 2014, criada por um grupo de seis amigos. Atualmente, no entanto, apenas três continuam trabalhando na página: os paulistas Luiz Favoreto e Richard Oliveira e o mineiro Jhonny Silva. “A gente sempre se zoava quando alguém trocava a foto de perfil. Fazia muitas edições estranhas. Até que, na madrugada de uma terça-feira de Carnaval, um amigo fez uma montagem com a gente de terno e óculos escuros, nos convenceu a colocar como capa e foto de perfil e escrever ‘aguardem’. Só que não tínhamos nada na cabeça, era só mais uma brincadeira”, explica Favoreto.

 

Reprodução/Facebook/Ajeita pra mim
 

 

O funcionamento da página é simples. O seguidor deve mandar uma foto por mensagem privada pedindo uma alteração. Também não há muitas regras, apenas a exigência de que a imagem retrate a própria pessoa. “A maioria entende que é uma página de humor, mas já tivemos alguns casos em que a pessoa realmente acreditava que era uma edição séria. Quase rolaram processos”, afirma Favoreto. Ele garante, porém, que a resposta do público quase sempre é positiva. “99% ri, mas aquele 1% se arrepende”, brinca.

De acordo com os responsáveis, a demanda por montagens é muito alta e, neste momento, existem cerca de 200 mil usuários aguardando uma resposta. Para dar conta de tantos pedidos, a “Ajeita pra mim” conta com uma equipe de 10 pessoas. Assim como os fundadores, a maioria trabalha em agências de publicidade. Mas há também quem ganhe a vida como professor de informática, em escritórios de engenharia e até como jogador de pôker.

Apesar do sucesso da página – que já tem mais de 440 mil seguidores – Favoretto diz que eles ainda não conseguem faturar com o trabalho. A única remuneração que já receberam, segundo ele, foi um pacote com “3kg de amendoim temperado”. Além da conta no Facebook, a “Ajeita pra mim” tem ainda perfis no Instagram, Twitter e um canal no YouTube. No futuro, o projeto deve ganhar uma loja virtual. O grupo de amigos também pretende criar um portal e jogos virtuais. Contudo, eles não estarão relacionados à página de montagens que conquistou a internet.

Melhor montagem

Na opinião dos criadores, a melhor montagem já feita pela página foi pedida por um usuário identificado como Leonardo Cruz. “Me deixa descolado”, pedia o jovem, que recebeu como resposta sua imagem literalmente se descolando da foto. “Ficou muito boa e foi bem bolada”, avalia Favoreto.

 

Reprodução/Facebook/Ajeita pra mim
 

 

Já a que deu mais trabalho, conforme o paulista, foi a de um deficiente físico, identificado como Willian Vitorino, que pedia para deixá-lo “de pé”. “[O desafio foi] fazer uma montagem com um deficiente físico de forma que não ofendesse ninguém”, pondera.

 

Reprodução/Facebook/Ajeita pra mim
 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.