Cresce o mercado de notebooks de alto padrão

Vendas de produtos acima de R$ 4 mil aumentaram a participação no mercado interno de 3% para 15% entre 2014 e 2015

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/04/2016 19:20 / atualizado em 12/04/2016 20:11

O mercado de notebooks high-end passa longe da crise econômica. As vendas desse tipo de produto aumentaram em 2015. É o que mostra pesquisa feita pela Brazil PC Tracker 2015Q4, da IDC Brasil, líder em inteligência de mercado e consultoria nas indústrias de TIC. No ano passado, os modelos com preço igual ou superior a R$ 4 mil representaram 15% do total de notebooks comercializados. No fim de 2014, as vendas desses aparelhos não passavam de 3% do volume total. “No último ano, houve uma mudança no comportamento do consumidor brasileiro, que passou a investir em equipamentos mais robustos e com preços mais altos. Para este ano, esperamos um cenário muito semelhante”, adianta Pedro Hagge, analista de pesquisa da IDC Brasil.


Um dos motivos para o crescimento na comercialização de notebooks de alto padrão, mesmo em tempos de crise, é o status gerado por eles. Outra razão para o bom momento vivido pelo mercado de notebooks high-end é a necessidade de upgrade de alguns usuários para máquinas mais novas e potentes.

 

A VAIO é uma das marcas que atua no mercado de high-end. E os notebooks VAIO estão de volta ao Brasil. A Positivo foi escolhida para a fabricação e comercialização de seus produtos. A marca segue na contramão do panorama negativo e cresce em volume de vendas no país, acompanhando o desempenho favorável do segmento dos produtos top de linha.

 


 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.