Google anuncia mensageiros e protótipo de plataforma inteligente doméstica

Aplicativos de mensagens Allo e Duo devem ser lançados no verão do hemisfério norte; já o Google Home tem previsão de lançamento para o fim do ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/05/2016 18:41 / atualizado em 18/05/2016 19:57

O gigante da internet americano Google (grupo Alphabet) anunciou nesta quarta-feira (17/5) que lançará dois aplicativos de mensagens para smartphones, um deles para videoconferências.

O primeiro aplicativo apresentado durante a conferência anual dos desenvolvedores do grupo se chama 'Allo', e é um serviço de mensagens clássico que permite a comunicação por mensagens escritas e fotos.

O diferencial do Allo é que o Google tentou torná-lo mais eficaz integrando funções de inteligência artificial. Desse modo, o aplicativo propõe, por exemplo, uma série de respostas para cada mensagem recebida.

 

Leia mais notícias em Tecnologia

 

Inclui, ainda, uma assistente virtual e um modo "incógnito", com o qual se pode encriptar as mensagens ou determinar uma data de expiração para elas.

Com o segundo aplicativo apresentado nesta quarta-feira, chamado 'Duo', duas pessoas podem se comunicar por vídeo através dos seus smartphones. O aplicativo inclui uma função chamada 'knock knock' ('toc toc'), que permite que a pessoa que recebe uma ligação por vídeo veja em tempo real a pessoa que está ligando antes de atender.

Os dois aplicativos estarão disponíveis neste verão setentrional e serão compatíveis com o sistema operativo Android, desenvolvido pelo Google e usado por muitos fabricantes de smartphones no mundo, e com o iOS, a plataforma da concorrente Apple.

 

Google Home

A empresa também apresentou o primeiro protótipo de um aparelho que pretende se converter em uma plataforma inteligente para o lar, que incluirá um assistente virtual e um comando de voz aperfeiçoado, e será lançado até o final do ano.

O Google Home se posiciona, assim, como um concorrente do dispositivo inteligente Echo, lançado pela Amazon em 2014, que combina um alto-falante com um assistente pessoal acionado por comando de voz, capaz de responder perguntas sobre previsões meteorológicas ou informar sobre as últimas notícias, assim como controlar objetos conectados na casa.

O Google Home pretende, ainda, se converter em "um centro de controle de toda a sua casa", e "um telecomando para o mundo real sempre que necessário", afirmou Mario Queiroz, vice-presidente do Google, na apresentação do aparelho durante a conferência anual I/O, organizada para desenvolvedores da empresa em Mountain View, Califórnia.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.