Confira os destaques da nona edição da Brasil Game Show

Evento aconteceu de 2 a 5 de setembro, no São Paulo Expo. Público pôde participar de campeonatos e concursos e testar jogos que ainda não estão disponíveis no mercado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/09/2016 17:20 / atualizado em 13/09/2016 14:44

Brasil Game Show/Divulgação


A Brasil Game Show, maior feira de games da América Latina, movimentou os pavilhões da São Paulo Expo na última semana. A nona edição do evento, que aconteceu de 01 a 05 de setembro, contou com pavilhões de grandes e pequenas publicadoras, concurso de cosplays, campeonatos de Clash Royale, FIFA 17 e C.S: GO e uma quantidade animadora de títulos disponíveis para teste. O Tecnologia separou os melhores momentos dos cinco dias de BGS 2016.

Presenças de publicadoras de renome 
Como de costume, os dois maiores estandes da feira pertenciam a Sony e Microsoft. A idealizadora do Xbox optou por não fazer coletivas e disponibilizou títulos como God of War 4, Forza Horizon 3, Minecraft: Story Mode, Recore, Dead Rising 4 e Final Fantasy XV diretamente para o público.


Já, a japonesa do PlayStation se destacou pela quantidade de estações de jogos (mais de cem) e pelas apresentações fechadas, onde os membros da imprensa puderam conferir gameplays ao vivo dos principais lançamentos da industria. Dentre os títulos disponíveis estavam Detroit: Become Human, Horizon: Zero Down, Ratchet and Clank, Bound, Gran Turismo Sport, Gravity Rush, No Man’s Sky, Uncharted 4: A Thief’s End e The Last Guardian.

 

Brasil Game Show/Divulgação

 

Os estandes da Ubisoft (For Honor, Tom Clancy’s Ghost Recon Wildlands, Steep, Whatch Dogs 2, South Park: Fractured but Hole, Just Dance 2017), Warner Bros. Games (Batman: Arkham VR, Lego Worlds), Electronic Arts (FIFA 2017) e Capcom (Resident Evil Biohazard, Street Fighter V) também agradaram ao público.

Pavilhão Índie
Em 2016, os jogos independentes marcaram ainda mais presença na BGS. A área abrigou 108 estandes, com títulos para Mobile, PC, Xbox One e PlayStation 4. Além dos jogos, os estúdios poderão participar também do Indie Meeting, espaço com plateia onde cada expositor apresenta o seu produto.

Campeonatos
A nona edição certamente agradou os jogadores mais talentosos. A BGS 2016 marcou o primeiro campeonato de Clash Royale. Os jogadores podiam ainda batalhar pelos títulos de campeão de CS: GO, Dota 2, Killer Instinct, Gears of War 4, Rainbow Six Siege, FIFA 17 e Street Fighter V. Quem gosta de rebolar pôde participar ainda da etapa brasileira da Copa do Mundo de Just Dance.

 

Brasil Game Show/Divulgação

 

Realidade Virtual
Quem deu uma passadinha no estande da NVidia conseguiu testar as novas promessas da tecnologia de realidade virtual com o HTC Vive, óculos da taiwanesa. Dentre os títulos disponíveis estavam The Unspoken - uma espécie de batalha de magia entre dois jogadores - e um simulador de escalada no Everest.

 

Brasil Game Show/Divulgação

 

Brasil Game Jam
Desta vez, o desafio para os participantes da clássica maratona de criação de jogos foi criar um jogo inspirado na série Supermax, da Rede Globo. Dez equipes de três estudantes universitários contaram com 48 horas para desenvolver o game totalmente do zero.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.