Google comemora Dia dos Namorados com homenagem aos Pangolins

O doodle é um jogo de quatro fases, que conta a história de um pangolim apaixonado que faz um bolo, compõe uma canção, aprende a dançar e cata flores para o seu par

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/06/2017 17:38 / atualizado em 12/06/2017 18:58

Reprodução/ Google

 

O pangolim, o único mamífero totalmente coberto de escamas do mundo, ganhou uma homenagem do Google neste Dia dos Namorados. Com o tema 'O amor dos Pangolins', o doodle que comemora a data é um jogo com quatro fases, em que o pangolim apaixonado deve coletar itens para agradar seu par.

 

O Google quis aproveitar a data comemorativa para fazer com que as pessoas conheçam o animal e para alertar sobre o risco de extinção do pangolim. A espécie destacada pelo doodle de hoje é pangolin filipino, nativo de Filipinas. Segundo a BBC, cerca de 100 mil pangolins são retirados de seu habitat natural anualmente.

 

Reprodução/ Google
 

 

Em cada etapa, o animal tem uma tarefa a cumprir. Na primeira, em Gana, o bichinho coleta ingredientes para um bolo; na segunda, que se passa na Índia, recolhe notas musicais para uma canção; na terceira, que é na China, coleta fitas e aprende a dançar; e na ultima, que se passa nas Filipinas, ele precisa colher flores para fazer um buquê.

Os locais de cada etapa foram escolhidos de acordo com a região onde o animal é nativo. Considerado uma espécie em extinção devido à caça, a exótica carne dos pangolins se torna uma cara iguaria e suas escamas se transformam em produtos medicinais, pois, acredita-se, elas são capazes de curar males como câncer."Todas as oito espécies enfrentam uma ameaça significativa a partir de caçadores furtivos e contrabandistas", explica o Google na página que fala sobre o Doodle.

 

Leia mais em Tecnologia

 

Parecido com o tatu brasileiro por se enrolar quando é ameaçado por predadores, o pangolim  é um mamífero que vive em zonas tropicais da Ásia e da África. Ele come cerca de 7 milhões de formigas e cupins durante o ano, usando a sua língua viscosa que chega a ser maior do que o seu próprio corpo, similar ao tamanduá bandeira. Os pangolins não têm dentes, por isso eles armazenam pedras no estômago, que lhes ajudam a moer a comida e facilitar a digestão.

 

Reprodução/ Google

 

Mesmo sendo um animal extremamente notável, poucas pessoas já ouviram falar sobre o pangolim, já que ele raramente sobrevive em cativeiro. Apenas 6 zoológicos no mundo têm um exemplar da espécie, segundo a página do Google que fala sobre o Doodle.

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.