ENOTURISMO

O Sul dos vinhedos: um roteiro para os amantes da enologia pelo RS

Com estabelecimentos tradicionais, o Rio Grande do Sul é a principal região produtora de vinhos e espumantes do Brasil. Confira a seguir lista com vinícolas de destaque no estado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/07/2015 10:00 / atualizado em 17/07/2015 15:47

Max Valarezo , Especial para o Correio

Eduardo Viero/Divulgação

Muitos fãs de vinho almejam viajar ao exterior para conhecer grandes destinos famosos de enoturismo, como França, Itália, Argentina ou Chile. Mas o Brasil também possui vinícolas que não ficam para trás das estrangeiras. Nos últimos anos, inclusive, diversos sommeliers no mundo inteiro começaram a prestar mais atenção nos vinhos daqui, o que demonstra a qualidade da bebida produzida em terras brasileiras.

E a região que mais se destaca na produção de vinhos no Brasil é o sul do país. No Rio do Grande do Sul, particularmente, podem ser encontrados destinos que concentram diversas vinícolas. É o caso do Vale dos Vinhedos, próximo a Bento Gonçalves. O local é lar de rótulos que são amplamente exportados, com cerca de 30 vinícolas diferentes.

Mas há outras regiões do Rio Grande do Sul que merecem entrar no roteiro de qualquer fã de vinhos. É o caso de Altos Montes, que abrange cidades como Flores da Cunha e Nova Pádua.

A principal dica para quem pretende conhecer as vinícolas do Rio Grande do Sul é se programar e agendar com antecedência as visitas aos locais. Confira ao lado algumas das vínicolas do estado, que vão satisfazer qualquer aficionado por vinhos.

Miolo Wine Group/Divulgação

Miolo (Bento Gonçalves)
www.miolo.com.br
(54) 2102-1540
Uma das maiores e mais conhecidas vinícolas da região, a Miolo recebe um grande número de visitantes todos os anos. De acordo com a empresa, foram cerca de 200 mil apenas em 2014. É possível fazer visitas guiadas aos parreirais, às caves, ter acesso a salas e cursos de degustação. Também é possível comer no Mamma Miolo, restaurante localizado nas instalações da vinícola. Para grupos maiores do que 15 pessoas, é necessário agendar visita.

CCaco Argemi/Divulgação

Guatambu (Dom Pedrito)
www.guatambuvinhos.com.br
(53) 3243-3295
Uma vinícola com mais de 50 anos de história, a Guatambu conta com uma estrutura de produção em dois níveis de altura diferentes, para utilizar o método da gravidade no tratamento das uvas. Além de contar com a tradicional visita guiada e degustação de vinhos, o local conta com a possibilidade de fazer passeios a cavalo pelos vinhedos acompanhados de um guia que fala sobre a cultura da região dos pampas gaúchos.

Vinicola Salvador/Divulgação

Vinícola Salvador (Flores da Cunha)
www.vinicolasalvador.com.br
(54) 3292-3388
Construída em 1911, a Vinícola Salvador faz questão de manter o aspecto familiar que marca os negócios do estabelecimento ao receber turistas. Nos passeios para conhecer o processo de produção de vinhos e de espumantes, os guias são os próprios membros da família Salvador. Ao fim da visita, é feita uma degustação com todos os produtos feitos no local.

Vinicola Garibaldi/Divulgação

Vinícola Garibaldi (Garibaldi)
www.vinicolagaribaldi.com.br
(54) 3464-8100
Parte da cooperativa Garibaldi, esse destino tem menos ares de estabelecimento familiar do que outras vinícolas da região. O que não significa que ela não seja um bom destino para os fãs de vinho. As visitas são guiadas por especialistas em enologia, que também contam a história da cooperativa e como ela se relaciona com os imigrantes italianos que chegaram ao Rio Grande do Sul décadas atrás.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.