CEARÁ

Tempero regional: Beach Park inaugura vila cearense e celebra cultura

A 16km de Fortaleza, o parque aquático, famoso destino de férias de famílias brasileiras, ganha uma nova atração inspirada na cultura local: uma vila salpicada com o estilo cearense

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/12/2015 19:34 / atualizado em 10/12/2015 15:16

Marcelo Vieira/BeachPark/Divulgação

Dono de praias maravilhosas, o estado também é fortemente marcado pela cultura. Religiosidade popular, culinária, festas juninas, talentos do humor, além da jangada (espécie de veleiro muito comum de se ver ao longo da costa), mostram a força da cultura regional.

A cerca de meia hora de carro do Aeroporto Internacional de Fortaleza, no município de Alquiraz, os turistas se encantam com o mar, é claro, mas viajam também em busca de um famoso parque aquático, o Beach Park. Por lá não faltam piscinas, toboáguas nem adrenalina. O nome, em inglês, não existe à toa, já que os mais famosos parques temáticos do mundo estão nos Estados Unidos e na Europa, a exemplo do Walt Disney World. O Beach Park tem 18 atrações e, em 2015, foi eleito, pelo segundo ano consecutivo, o segundo melhor parque aquático do mundo pelos usuários do TripAdvisor.

A influência internacional sobre o parque começa na fabricação dos brinquedos. Alguns deles foram feitos pela empresa americana Proslide Technology Inc., também responsável por diversas atrações da Disney. A gastronomia local também recebe um toque do exterior. O restaurante Coqueiral será inaugurado nos próximos meses e comandado pelo chef alemão Bernard Twardy. Com menu recheado de pratos inspirados na culinária do Ceará, o projeto é oferecer opções para todos, inclusive os vegetarianos e veganos, mas sem sair do tema. O restaurante está localizado em um espaço de convivência chamado Vila Azul do Mar, que passa a ser a nova entrada do parque neste verão. Inspirado nas vilas de pescadores que povoam o estado e a Região Nordeste, tem um clima rústico e acolhedor e dá ao parque o que faltava: o tempero cearense. De carona no estilo de vida local, a Vila tem uma área dedicada ao artesanato: uma loja com produtos de diferentes partes do estado, com a curadoria do designer brasileiro Marcelo Rosenbaum.

Quem passa por lá pode adquirir peças desenvolvidas por artesãos como Expedito Celeiro, cujos pais costuravam artefatos em couro para Lampião. As costureiras das redondezas também têm seu espaço garantido. Acessórios feitos em crochê, desenvolvidos pela marca Catarina Mina, compõem e embelezam a loja.

Murilo Pascoal, diretor-geral do complexo, afirma que novas atrações são parte do DNA do complexo e completa: “Decidimos, com a criação da Vila Azul do Mar, desdobrar o nosso perfil de negócios e proporcionar maior conforto e qualidade para os visitantes e hóspedes, bem como para as pessoas que estão no entorno.” (Com informações de Rafaella Panceri)


“...A tua maravilha encanta, eu posso me orgulhar...”
(Fagner, em Ceará terra luz)
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.