MINAS GERAIS

Passeios bucólicos para mergulhar na história de São João del-Rei

Para entrar ainda mais no clima de interior, o turista pode conhecer a cidade de 7 mil habitantes em uma charrete ou jardineira. Se preferir, embarca na Maria-Fumaça para chegar a São João del-Rei, terra natal de Tancredo Neves

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/05/2016 09:00 / atualizado em 04/05/2016 12:24

Marcelo Viana/Divulgação

Mas não é só gastando sola de sapato sobre as estreitas calçadas e as ruas cobertas com pedras capistranas que o turista se encanta em Tiradentes. Alguns passeios são bem interessantes, como aqueles feitos de charrete e de jardineira, que passam pelos principais pontos turísticos da pequena cidade de 7.600 habitantes.

 

Ambos partem do Largo das Forras. As charretes “trabalham” durante o dia e é possível escolher o roteiro, que geralmente não dispensa as paradas nas igrejas e no famoso Chafariz de São José, que tem três fontes d’água sob a imagem de São José de Botas, do século 18. À noite, a opção é o passeio na Jardineira Charmosa, um veículo de 1935, com diversas paradas, totalizando 1h30 de trajeto.

 

Outra alternativa bastante procurada, mas que funciona apenas aos fins de semana, é o passeio de Maria-Fumaça até a vizinha São João del-Rei, que dura cerca de 40 minutos, com ingressos a partir de R$ 40. Aliás, aproveitar a oportunidade e conhecer melhor a cidade natal de Tancredo de Almeida Neves é uma excelente escolha que agrega valor à viagem. Se possível, reserve ao menos um período do dia para isso.

 

Karina Fusco/Esp. CB/D.A Press

E, para encerrar a maratona histórica, não deixe de ir ao Museu do Automóvel da Estrada Real, localizado a cerca de 10 minutos do centro de Tiradentes. Uma atração imperdível para quem gosta de automóveis antigos. Em um galpão amplo e simples estão distribuídos veículos fabricados a partir da década de 1920, divididos em três setores: nacional, americano e europeu. Todos pertencem ao colecionador Rodrigo Cerqueira Moura, que se orgulha de suas relíquias, como um Fragate de 1953 e um Buick Phaeton de 1928. Reserve pelo menos 1h30 para aproveitar bem a visita e tirar muitas fotos dos veículos históricos.

 

Filho ilustre

Tancredo Neves nasceu em 4 de março de 1910 em um sobrado de São João del-Rei. Era o quinto dos 12 filhos do comerciante Francisco de Paula Neves e de Antonina de Almeida Neves. Eleito pelo voto indireto à Presidência da República, em 1984, com o apoio de lideranças que lutaram na campanha Diretas Já, não chegou a assumir o comando do país. Morreu de infecção generalizada em 21 de abril do mesmo ano. Tancredo é considerado um dos mais importantes políticos brasileiros do século 20.

 

Paraíso do artesanato

Joana Gontijo/Portal Uai

Se no centro de Tiradentes os turistas já se encantam com o artesanato disponível em simpáticas lojinhas e ateliês, em Bichinho eles se esbaldam. Na verdade, Bichinho é um distrito da vizinha Prados, com acesso fácil, bastando seguir pela estrada que leva ao Museu do Automóvel. As lojas e os ateliês ficam ao longo da rua principal e revelam belas peças, feitas principalmente a partir de madeira de demolição, ferro e tecidos. As namoradeiras, as esculturas em madeira e os ornamentos em ferro são o mais comun por ali. A variedade é enorme e os preços,  bem mais atraentes. Para completar, você corre os riscos de se deparar com artistas e artesãos em meio de seu processo criativo e de presenciar a execução de uma obra.

 

Doces

Bichinho reserva uma boa surpresa no quesito culinária. No simples e aconchegante restaurante Tempero da Ângela há iguarias da cozinha mineira servidas em fogão a lenha. Por algum tempo, o turista consegue sentir como o ritmo de vida pacato e o cenário bucólico ficam ainda mais atrativos com essa paradinha estratégica para matar a fome. Quase em frente, há uma doceria que produz um saboroso e suave doce de leite e outras delícias caseiras que justificam deixar a sacola mais pesada e levar umas compotas para casa. Ao fim da viagem, não só as malas ficam mais pesadas, como também aumenta a vontade de retornar ao destino, que certamente é um dos maiores encantos de Minas.

 

» Como chegar

Pela BR-040, são 913km, partindo de Brasília.

O trajeto tem oito praças de pedágio, ao custo total de R$ 41,40.

 

» Onde se hospedar

Pousada Aromas da Montanha

Pousada Aromas da Montanha/Divulgação

A hospitalidade mineira é um dos pontos fortes da bela pousada, que aposta na força do conceito de exclusividade. São apenas 10 apartamentos batizados com o tema “aromas”, definidos em função do projeto de Feng Shui. Nas unidades da categoria extra-luxe há duchas com hidromassagem vertical. O café da manhã é repleto de delícias típicas do estado, como pães, bolo e geleias. Diárias a partir de R$ 450. Informações e reservas: (32) 3355-1406.

 

Pousada Lis Bleu

Pousada Lis Bleu/Divulgação

Localizada próxima à Estação da Maria-Fumaça e a poucos minutos a pé do centro da cidade, a pousada conta com apenas 12 chalés, que são espaçosos, bem decorados e equipados. Em algumas unidades há banheira de hidromassagem. Já a área de lazer conta com piscina climatizada com hidro e sauna. As diárias custam a partir de R$ 497. Informações e reservas: (32) 3355-1434.

 

Oratório Pousada Boutique

Pousada Oratório/Divulgação

Com um serviço de primeira, a pousada conta com apenas 11 suítes, sendo oito da categoria luxo e três da superluxo — estas com banheira de hidromassagem para duas pessoas. O requinte do projeto arquitetônico, com muitos detalhes e arte, também chama a atenção. No bem servido café da manhã, bolos e quitutes mineiros não faltam. As diárias saem a partir de R$ 630. Informações e reservas: (32) 3355-2232.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.