ILHA FELIZ

Deixe-se embalar pela diversidade, ritmos e belezas naturais de Aruba

Imagine quase uma centena de nacionalidades convivendo em um mesmo lugar. Isso é Aruba, um cantinho da Terra onde a natureza cultiva a alegria. Mergulhe neste paraíso de mar azul-turquesa e areia cristalina, gastronomia diversificada, cassinos, SPAs e vida noturna animada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/08/2016 17:40 / atualizado em 04/08/2016 12:12

Autoridade de Turismo de Aruba (ATA)/Divulgação

Assim que desembarca no Aeroporto Internacional Rainha Beatriz, em Oranjestad, o turista logo percebe por que Aruba, no Caribe, adotou a denominação Ilha Feliz. O piloto nem termina de anunciar o pouso e, imediatamente, passageiros contentes por retornarem à terra natal comemoram com músicas calypso a todo volume em seus celulares. O ritmo africano que se tornou típico em Aruba representa bem a miscigenação do lugar: os 193km² da ilha abrigam cerca de 110 mil habitantes, de 96 nacionalidades diferentes. Do avião, o azul-turquesa do mar e as areias branquíssimas hipnotizam. Difícil é não pensar que a visão clichê do paraíso não tenha sido inspirada por um arubiano — ou por alguém que passou por lá.

 

Quem vai a Aruba dificilmente não pensa em voltar. Prova disso é a conquista do prêmio Traveller’s Choice (Escolha dos Viajantes, em tradução livre) do ano passado, promovido pelo site especializado em viagens TripAdvisor. A ilha está entre os três destinos internacionais mais procurados por brasileiros no carnaval, de acordo com as agências de viagens Expedia e Viajanet. Os arubianos, inclusive, têm uma versão própria da festa, mas lá ela ocorre no segundo fim de semana do ano.

 

Para entrar na ilha, apenas o passaporte é suficiente, já que Aruba não exige visto. A mistura de influências se nota assim que um arubiano abre a boca. O papiamento, língua nativa da ilha, mescla português, espanhol, holandês, inglês e francês. O outro idioma oficial é o holandês, mas inglês e espanhol são suficientes para se virar, já que poucos habitantes não falam estes idiomas fluentemente. Extremamente hospitaleiros e falantes, os nativos são do tipo que gostam da casa cheia e fazem questão de receber bem. E o que não falta é lazer, dentro ou fora d’água: além das praias cinematográficas, Aruba oferece restaurantes de todas as partes do mundo, cassinos, SPAs, campos de golfe, vida noturna animada e diversas opções de esportes ao ar livre.

 

Praias

Autoridade de Turismo de Aruba (ATA)/Divulgação

Por falar em ar livre, o clima e o sol são atrativos à parte. Com temperatura média de 28°C durante o ano inteiro, qualquer época é ideal para aproveitar as praias sem problemas. Só não esqueça o filtro solar, o chapéu e os óculos de sol! A areia branca faz com que os raios solares se reflitam no rosto e no corpo, aumentando consideravelmente o risco de queimaduras. Para quem não quiser sair da praia quando o sol for embora, uma boa pedida para o happy hour são os bares montados nos píeres. O carro-chefe das bebidas locais é o Aruba Ariba, coquetel feito com coecoei (licor de seiva de folhas de agave, rum e açúcar de cana), vodka, rum, creme de banana, grenadine e suco de frutas.

 

O centro da capital Oranjestad é cosmopolita, movimentado e diversificado. Lá, é possível encontrar lojas de grifes como Prada, Cartier e Gucci, e também pequenas feiras com artesanato local. Os principais shoppings e restaurantes estão na região, assim como a zona hoteleira, chamada de High Rise.

 

Diversão na água

Autoridade de Turismo de Aruba (ATA)/Divulgação

O turismo aquático de Aruba tem opções para todo tipo de personalidade, das mais recatadas às mais aventureiras. Para quem quer ficar mais perto da terra, uma das opções é o stand up paddle. Na praia, não é difícil encontrar instrutores disponíveis para ajudar os menos familiarizados com o esporte. Um passeio de catamarã é a alternativa ideal para quem vai com a família e quer ter uma visão geral da ilha. Já o mar calmo e cristalino e a vista do pôr do sol são programas imperdíveis para os que curtem belas paisagens e tranquilidade à beira-mar.

 

Espíritos sedentos de adrenalina também encontram lugar em Aruba. Os mais de 20 postos de mergulho e snorkel, por exemplo, são excelentes formas de ver de perto os corais e os peixes coloridos do mar caribenho. Quem se anima a mergulhar mais fundo terá ainda mais surpresas: há, ao redor da ilha, 11 objetos naufragados, de navios a aviões submersos. As principais saídas de mergulhadores estão nas praias de Palm Beach, Pos Chiquito e Baby Beach. Se você prefere snorkel, vá para as praias de Boca Catalina, Palm Island, Mangel Halto ou qualquer outra que permita a visibilidade da água a até 30 metros de profundidade.

 

Autoridade de Turismo de Aruba (ATA)/Divulgação

Outra forma divertida de conhecer a vida marinha de Aruba é o SeaBob, espécie de prancha motorizada hidrodinâmica que se locomove embaixo d’água. A velocidade do pequeno scooter pode chegar a 15km/h. Com um pouco de coragem e muita destreza, o turista literalmente desliza pelos recifes dos corais. Os corajosos também vão gostar do Jetlev, um jato d’água que eleva o usuário a até 9 metros. Para garantir que o turista pousará em segurança, um assistente acompanha toda a brincadeira (que realmente pode ser dolorida até a pessoa pegar o jeito de cair na água corretamente).

 

Programe-se

» Localização: Aruba fica ao sul do mar do Caribe, a 25km da costa da América do Sul. É um território autônomo neerlandês do Caribe, ao largo da costa da Venezuela. Tem ainda vizinhos como Curaçao, São Martinho e a Península de La Guajira.

» Site oficial da ilha

» Idioma local: papiamento

» Moeda: florin arubiano, mas o dólar também é aceito

» Fuso: Atlântico durante todo o ano, uma hora atrás do fuso de Brasília (DF)

» Temperatura média: 28ºC durante quase todo o ano. Não se preocupe pois Aruba é fora da rota de furacões

» Como chegar: A Avianca (via Bogotá) e a Copa Airlines (via Panamá) voam para Aruba de diversos destinos dentro do Brasil. Também há cruzeiros de várias linhas que atracam na ilha ao longo do ano

» Transporte: os táxis são vantajosos, pois os preços são tabelados. Pode ser uma boa também alugar um veículo, já que são aceitas carteiras de motoristas internacionais

» Onde ficar: Aruba tem uma ampla oferta de acomodações que vão desde elegantes resorts de luxo a hotéis despojados, a maior parte deles com vista privilegiada para o mar. Entre as opções mais luxuosas, estão o The Ritz-Carlton Aruba (com diárias a partir de US$ 335), o Hyatt Regency Aruba Beach Resort & Casino (US$ 340) e o Hilton Aruba Caribbean Resort & Casino (US$ 300)

» Coquetel típico: Aruba Ariba, feito com coecoei (licor de seiva de folhas de agave, rum e açúcar de cana), vodka, rum, creme de banana, grenadine e suco de frutas. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.