GOLFE

É possível passar as férias dentro dos campos em vários cantos do Brasil

Os campos de golfe não são apenas um lugar para praticar o esporte. Construídos em belos cenários, é impossível não perder alguns segundinhos do jogo para apreciar a natureza ao redor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/09/2016 09:00 / atualizado em 28/09/2016 13:28

Fasano Boa Vista/Divulgação

Aliando a paixão pelo golfe com horas de relaxamento, muitos hotéis brasileiros têm campos à espera de quem quer praticar o esporte até durante os dias de férias. O Hotel Fasano Boa Vista — em Indaiatuba, São Paulo — é um desses empreendimentos. Localizado em uma fazenda no interior paulista, o hotel oferece um campo de golfe de 18 buracos e mais de seis mil jardas, projetado pelo designer de golfe Randall Thompson. Para utilizar o campo, o hóspede precisa ter handicap e estar associado a um clube de golfe. Além de fazer um agendamento prévio. A estrutura conta com driving range —  área do campo reservada para a prática de tacadas de longo alcance —, carrinhos, vestiário e um bar. Quem tiver interesse pode solicitar ao concierge do hotel a marcação de uma aula, de 40 minutos de duração. As aulas ocorrem de quarta-feira a domingo e custam R$ 100 mais taxas. Também é necessário o agendamento prévio.

 

Entre uma partida e outra, o hóspede pode aproveitar as piscinas, as quadras de tênis e poliesportivas, o centro equestre, passeios de bicicleta e charrete e trilhas pelas matas que fazem parte da propriedade. A diária custa a partir de R$ 2.070 para duas pessoas.

 

» Desempenho

O termo handicap se refere a um fator de ajuste do resultado que permite golfistas federados, com diferentes níveis de jogo, competirem em igualdade. É responsabilidade da Confederação Brasileira de Golfe (CBG) calcular o handicap de cada um dos golfistas brasileiros.

 

O Turismo destacou alguns outros hotéis em diversos estados do país:

 

Terravista Vilas

» Trancoso, Bahia

Lulu Costa/Terravista/Divulgacao

A concentração do golfista precisa ser redobrada, já que o cenário é de tirar o fôlego. No alto de uma falésia, sobre as praias do Rio da Barra e Taípe, o campo de golfe foi projetado pelo arquiteto Dan Blankenship. A ideia do projeto do percurso é preservar os atrativos naturais e transformá-los em obstáculos. No buraco 14, por exemplo, o golfista precisa acertar a tacada de uma falésia para outra. Quem está hospedado no Terravista Vilas tem desconto na taxa de uso do campo. O valor cobrado — tanto para nove buracos como para 18 — dos hóspedes é de R$ 200. As aulas para até duas pessoas custam R$ 120.

» Diária: casas a partir de R$ 1.200, em baixa temporada, e R$ 1.500, em alta temporada, para quatro pessoas

 

Hotel Fazenda Monte Verde Golf & Resort

» Vargem Alta, Espírito Santo

Hotel Fazenda Monte Verde Golf & Resort/Divulgação

Com nove buracos e 3.202 jardas, o campo de golfe do hotel fazenda tem ainda pequenas áreas de areia, azares de água e uma densa vegetação ao longo do trajeto dos buracos — artifícios usados para dar um pouco mais de dificuldade ao golfista. Também é possível treinar no driving range do local. Carros, equipamentos e carregadores estão disponíveis para locação. O uso do campo de golfe é restrito a jogadores que possuam o handicap. Além disso, é preciso pagar R$ 100 para uma volta e R$ 140 para duas.

» Diária: a partir de R$ 390 para duas pessoas

 

Garden Hill Hotel e Golfe

» São João del Rei, Minas Gerais

Grand Hill Hotel & Golfe/Divulgação

O campo de golfe do hotel mineiro — aberto também para quem não está hospedado — tem nove buracos, com quase cinco mil jardas, e pode até sediar torneios. Os jogadores e hóspedes também podem praticar suas tacadas no driving range de seis estandes. Para quem já está hospedado no hotel, o uso do campo já está incluso no valor da diária. Aqueles que querem usufruir do espaço apenas durante um jogo precisam pagar uma taxa de R$ 60, de segunda a quinta-feira, ou R$ 80, de sexta-feira a domingo. O Garden Hill também oferece aulas de uma hora de duração que custam R$ 45 para hóspedes e R$ 60 para o público externo.

» Diária: a partir de R$ 338 para duas pessoas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.