SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

FIM DE ANO

Cidades, casas e pessoas se vestem de cores e luzes para viver o Natal

Siga um roteiro por lugares próximos à Lapônia, terra do Papai Noel, e volte para casa a tempo de participar da ceia com a família

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/11/2016 20:00 / atualizado em 23/11/2016 14:44

Rafaella Panceri - Especial para o Correio

Chris Swengen/Divulgação

Cidades iluminadas, pinheiros enfeitados com pisca-pisca e shoppings lotados por quem vai às compras e quem deseja pedir um presente especial como recompensa pelo bom comportamento durante o ano — esse é o típico contexto natalino no Brasil, mas se estivéssemos na Finlândia o cenário seria outro. A Lapônia, onde vive o Papai Noel de verdade, é uma região do Polo Norte para onde são enviadas cartas de milhares de pessoas. O Noel finlandês afirma ser o autêntico e recebe visitantes do mundo inteiro, acompanhado por duendes e renas. Se a caracterização dos personagens é fidedigna e a lenda é bem contada, a entrega de presentes fica no imaginário de quem acredita.

 

Considere se aventurar nas terras do velhinho de barba branca se você é do tipo de pessoa que gosta de aproveitar a viagem para dar uma esticadinha e ver atrações próximas. Partindo da Lapônia, na Finlândia, é possível conhecer vários países ao redor. O melhor de tudo é que dá tempo de voltar para casa e celebrar a data com os parentes sem deixar ninguém magoado porque você faltou à ceia de Natal. Será como pegar carona no trenó em que o velhinho gorducho faz a entrega de presentes e voltar para o Brasil em um passe de mágica.

 

European Travel/Divulgação

A atração mais cotada da região é a Casa do Papai Noel em Rovaniemi, mas há muito o que ver e fazer pelas redondezas. A dica é aterrissar em um aeroporto e combinar o uso de carro e trem para chegar aos pontos de interesse na Finlândia e em países vizinhos.

 

Levi, Lapônia

Regent Holidays/Divulgação

Em lugares da Lapônia, é possível ver o fenômeno da aurora boreal deitado em uma cama confortável, instalada no interior de um iglu de vidro. Conhecida como fim do mundo, a região é formada por partes do território de quatro países — Finlândia, Noruega, Suécia e Rússia — e também é famosa por abrigar a Casa do Papai Noel. Roteiros por essa área são cheios de aventura e envolvem programas na neve.
Hospedar-se no hotel Golden Crown (que tem os quartos em formato de iglu), passear em trenós puxados por cães, visitar uma fazenda de alces, ouvir histórias de pastores locais e dar um giro pelas redondezas em cima de uma snowmobile (moto de neve) são apenas alguns dos atrativos de Levi, paraíso do norte da Finlândia. A cidade é ideal para quem quer esquiar. Para chegar lá, desembarque no aeroporto de Kittilä.

 

Interpoint Viagens e Turismo
» Preço: 5.480 euros por pessoa
» Duração da viagem: quatro dias
Roteiro e valores válidos para reservas feitas até novembro

Rovaniemi, Finlândia

Seven1Photo/Flickr

A segunda parada fica a 388 quilômetros de Levi. Há linhas de ônibus que fazem o trajeto, mas considere alugar um carro para ter mais flexibilidade de horários. Várias cidades do mundo dizem ser o lar do Papai Noel, mas Rovaniemi é um destino bastante popular. Chegando lá, a primeira atração é a Santa Claus Village, vila onde fica a casa da figura lendária. Os visitantes podem entrar na sala onde ficam as cartas recebidas, ver renas e tirar fotos com o velhinho por um valor cobrado à parte. Além da temática natalina, a cidade é point de atividades de inverno e está cercada pela linha imaginária do Círculo Polar Ártico, fato que a torna ainda mais interessante. Há um museu dedicado à área. Chama-se Arktikum.
» Entrada gratuita
» Ingressos a 12 euros

Mora, Suécia

Reka Solymosi/Divulgação

Já que o Papai Noel também tem casa na Suécia, vale a pena estender a viagem até lá – de trem. Na charmosa região de Dalarna, Mora é a cidade que abriga o Santaworld. Fincado no meio da floresta, o espaço permite aos visitantes um encontro com o barbudo, além da vista para o Lago Aurora, uma casa dedicada aos trolls e mais 11 atrações relacionadas ao Natal. Para conhecer a região de um ângulo diferente, aproveite as festas folclóricas que ocupam cidadezinhas e fazendas de Dalarna. Ao percorrer a região, reserve um tempo para apreciar a paisagem: casario de madeira com lagos de um lado e floresta de outro.
» Ingressos a 22 euros

 

Bergen, Noruega

Timothy Chen/Flickr

De avião, carro, trem ou ônibus, o Jul (Natal) norueguês está a 700 quilômetros de Mora, na Suécia. O Papai Noel sai de cena e as comidas típicas da época começam a brilhar. Em Bergen, os turistas ficam boquiabertos ao olhar para a maior cidade feita de biscoitos de gengibre do mundo. Escolas, empresas e gente apaixonada pela data constroem essa obra de arte desde 1991. A cidade comestível fica exposta de 21 de novembro a 31 de dezembro, mas fecha as portas no dia 25 de dezembro. São mais de 2 mil peças — casas, prédios, trens, barcos, carros, para citar só algumas — que formam a Pepperkakebyen, nome dado à construção açucarada que agita
o centro de Bergen.

 

Peperkakebyen

» Ingressos a 90 coroas norueguesas

 

Londres, Reino Unido

Jean Latteur/Flickr

Duas horas de avião separam Bergen de Londres. Na capital do Reino Unido, as atrações de Natal são uma tentação. Tente ver festivais como o Winter Wonderland e voltar ao Brasil antes da ceia: o evento acontece no Hyde Park entre 18 de novembro e 2 de janeiro. Ringues de patinação, shows musicais, parque de diversões e um bar feito de gelo são opções para se divertir por lá — de graça. Southbank Centre, centro de artes, também tem uma sólida programação natalina: o Winter Festival. Desde 11 de novembro, a casa recebe espetáculos de gêneros variados: o musical Million Dollar Quartet inclui canções de Elvis Presley e o Bianco, número circense, são destaques. A temporada termina em 27 de janeiro. Caso procure programas ao ar livre, vá para a Leicester Square, praça famosa da cidade. Barraquinhas de comida dividem espaço com uma aldeia dedicada ao Papai Noel. Este ano, o espetáculo La Soirée é a grande estrela.

 

Winter Wonderland

» Entrada gratuita

 

Bruxelas, Bélgica

Eric Danhier/Divulgação

De Londres, basta tomar um trem para chegar a Bruxelas em duas horas. Na capital, os mercadinhos de Natal são o destaque dessa época do ano. O Brussels Winter Wonders está entre os maiores. A pista de patinação no gelo e as barracas de batatas fritas (comida tradicional do país) são os pontos mais interessantes do evento, que acontece na Praça Sainte Catherine. Caso esteja na cidade no dia 11 de dezembro, não perca a RTLs Christmas Parade, desfile de Natal que é tradição na cidade. Há distribuição de presentes para crianças e adultos, que se divertem com carros alegóricos coloridos. Centenas de figurantes compõem o show, que parte para diversos bairros de Bruxelas depois de uma concentração no centro.

 

Brussels Winter Wonders

» Gratuito

 

» Acompanhe

O Google tem seu rastreador personalizado, disponível a partir do dia 24 de dezembro na plataforma Google Maps. Há jogos temáticos e uma contagem regressiva para o Natal disponíveis.

 

» Para saber mais

Olho na tela e no céu

Um jeito de acompanhar Noel durante a missão de Natal é no site do Comando de Defesa Aeroespacial Norte-Americano (Norad). O rastreamento da viagem planetária do velhinho começou há 60 anos, quando uma empresa divulgou um anúncio com um número de telefone para o qual as crianças poderiam ligar e falar com ele. O número estava errado: a ligação ia direto para o gabinete do diretor de operações do comando de defesa aérea dos Estados Unidos.


Ele disse às crianças que não mediria esforços para captar, por meio de radares, qualquer movimento do Polo Norte vindo para o sul. Por isso, o NORAD fornece, desde aquela época, a localização do senhor barbudo em tempo real. A tradição mobiliza funcionários e voluntários para atender ligações do mundo inteiro.
Quem prefere ter as coisas ao alcance da mão pode fazer o download do aplicativo oficial do projeto: Norad Tracks Santa, compatível com aparelhos de sistema operacional Android e iOS. Tanto o site quanto o aplicativo móvel são atualizados todos os anos. Por isso, começam a funcionar em nova versão a partir de 1º de dezembro.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade