SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

VERÃO

A estação mais aguardada do ano é acompanhada de sol, praia e água fresca

O verão começa oficialmente hoje no Brasil, e as temperaturas ficarão cada vez mais altas. Curtir as praias e os cenários paradisíacos do país deixa de ser sonho e se transforma em quase uma necessidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/12/2016 19:00 / atualizado em 26/12/2016 16:07

Iana Caramori - Especial para o Correio

Osnildo Vieira Filho/Flickr

Quem mora na capital federal vive, praticamente, o ano todo no verão. Temperaturas muito elevadas, na contramão da umidade, que está sempre lá embaixo. Mas é justamente próximo ao verão que os brasilienses experimentam dias mais frescos, com várias pancadas de chuva. Para quem gosta de calor, esse é mais um motivo para sair do quadrado quando se tem uns dias de folga na estação mais esperada do ano.

 

Oficialmente, o verão austral — chamado dessa maneira por vigorar no Hemisfério Sul — começa oficialmente hoje e termina na segunda quinzena de março. São quase três meses para aproveitar todas as belezas naturais do Brasil e as condições que a época mais quente oferece: dias mais quentes e mais longos — e em algumas regiões ficam ainda mais longos por causa do horário de verão. Não é difícil, no fim do dia, o sol dar lugar a um pouco de chuva, mas apenas o suficiente para dar uma refrescada.

 

Pelo fato de o Brasil ser um país tropical, com temperaturas médias acima de 18ºC ao longo de todo ano, os dias se tornam ainda mais quentes no verão. Se ir à praia ou passar o dia ao ar livre já era uma boa ideia em outros períodos, no verão é quase uma obrigação. O Turismo separou algumas opções de destino para aqueles turistas que gostam de aproveitar, ao máximo, o calor da estação.

 

Bombinhas, Santa Catarina
Da areia da Praia das Quatro Ilhas, é possível ver as ilhas de Macuco, Galés, Deserta e Arvoredo, por isso o nome. Mas, entre os moradores mais antigos, o local ainda é lembrado como Praia de Fora, por estar em mar aberto. Preservada pela restinga, a praia tem 1 km de extensão e é a preferida dos surfistas. A Quatro Ilhas também atrai turistas interessados em conhecer melhor a história da cruz fincada nas areias do lugar. Dizem que dois pescadores encontraram o objeto religioso no local e resolveram enterrá-lo na praia. O ano do acontecimento foi farto, e muitas tainhas foram pescadas na região. Logo, os moradores associaram a descoberta da cruz à boa sorte e passaram a ornamentar o objeto.

 

Barra do Sahy, São Paulo

Paulo Roberto/Flickr

No município de São Sebastião, o destino é uma boa opção para famílias com criança por causa do mar calmo e da formação de piscinas naturais, próximas aos rochedos do Canto Bravo. Não deixe de aproveitar também o Rio Sahy, que banha a Capela da Vila Caiçara. A Barra do Sahy tem poucas pousadas e hotéis, o que a torna bem mais tranquila que as cidades vizinhas famosas, como Juquehy e Maresias.

 

Búzios, Rio de Janeiro

Luiz Costa/Reprodução

Apesar de o verão ser sinônimo de praias lotadas, ainda é possível encontrar alguns lugares de paz a beira mar. Escondida na badalada cidade carioca está a praia selvagem de José Gonçalves, perfeita para quem gosta de aproveitar só o que a natureza tem a oferecer. Sem energia elétrica ou banheiros, e com apenas uma barraquinha de comidas e bebidas, José Gonçalves basta com seu mar azul, areia deserta e intocadas fauna e flora. O turista que quiser aproveitar esse paraíso também pode levar água, comida, e o que mais precisar para passar o dia, sem esquecer — é claro — de recolher todo o lixo na hora de ir embora.

 

Ilha do Marajó, Pará

Caio Dorigon/Flickr

Na foz do Rio Amazonas, o arquipélago recebe o título de maior do Brasil e o maior fluviomarítimo do mundo. A ilha oferece diversos destinos para os turistas; Salvaterra é um deles. Entre os pontos turísticos do distrito estão as praias de Joanes, do Pescador e as Ruínas Históricas de Joanes. Já no município de Soure, é possível fazer um passeio pelo manguezal e andar de búfalo na Fazenda São Jerônimo.

 

Jalapão, Tocantins

Marcel Favery/Wikimedia Commons

Nem só de praia de mar é feito o Brasil. As de água doce são muitas e garantem a diversão de quem está longe do oceano. A prainha do Rio Novo, por exemplo, tem areia branca e água transparente, igual a muita praia brasileira. Estique o passeio e conheça a cachoeira Velha, o Fervedouro do Soninho —  poço em que o banhista não afunda — e as Dunas do Jalapão, cercadas pela Serra do Espírito Santo.

 

Itacaré, Bahia

Danilo Yamamoto/Flickr

A origem da vila de pescadores é uma aldeia indígena, que foi colonizada pelos portugueses em 1530. Hoje, o destino recebe turistas de vários cantos do país, em busca das praias e da vida noturna de Itacaré. No total, a cidade tem cerca de 15 praias — algumas de fácil acesso e outras em que é preciso pegar trilhas para chegar. Outros pontos turísticos imperdíveis são o Foral da Concha e a Ponta do Xaréu.

 

Genipabu, Rio Grande do Norte

Tiago Lima/Flickr

O Parque Turístico Ecológico Dunas de Genipabu é um dos cartões-postais do estado e está a 20km da capital. Lá, o turista encontra praia de água morna e calma, dunas, lagoa e área de proteção ambiental. É famoso pelos passeios de jipe e dromedário, e pela prática de esquibunda (escorregar nas dunas sentado em uma prancha). Quem visitar Genipabu pode passar o dia e voltar para Natal ou ficar em algumas das pousadas e hotéis da região.

 

Destinos desejados
Os brasileiros têm destinos preferidos para aproveitar a estação longe de casa.
» Gramado, Rio Grande do Sul
» Porto de Galinhas, Pernambuco
» Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
» Maragogi, Alagoas
» Florianópolis, Santa Catarina
» Maceió, Alagoas
» Porto Seguro, Bahia
» Natal, Rio Grande do Norte
» Jericoacoara, Ceará
» Fortaleza, Ceará
Fonte: Tripadvisor

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade