Publicidade

Estado de Minas ESPORTE

Entre cartões-postais, maratonas atraem também pelas belezas do destino

Da Muralha da China até a savana africana, os cenários das corridas são os mais variados. Descubra algumas dessas provas, que vão além de simples competições


postado em 22/01/2017 09:00 / atualizado em 18/01/2017 15:16

A prova de Chicago tem grande incentivo do público(foto: David Banks/AFP - 10/10/15)
A prova de Chicago tem grande incentivo do público (foto: David Banks/AFP - 10/10/15)

Com tantas corridas ao redor do mundo, fica fácil aliar provas ao turismo. Quando viaja para participar de meias maratonas ou maratonas, é exatamente a combinação que Anderson Silva, 39 anos, procura. “A ideia também é conhecer um novo lugar, uma nova cultura.” O engenheiro já viajou para Ushuaia, na Argentina, e para Chicago, nos Estados Unidos, e garante que aproveitou a chance para conhecer bem os destinos. O Rio de Janeiro também entrou no roteiro de competições.

 

Anderson Silva quer correr maratonas pelo mundo: meta pessoal(foto: Wagner Pires/Reprodução)
Anderson Silva quer correr maratonas pelo mundo: meta pessoal (foto: Wagner Pires/Reprodução)

Anderson acredita que esses eventos esportivos também ajudam a unir as pessoas. “Os moradores da cidade também se mobilizam e torcem por você. As provas conseguem construir uma relação de respeito entre os nativos e quem está correndo.”

 

O engenheiro começou a correr há seis anos e, há dois, focou no objetivo principal. “Eu quero correr uma maratona. É uma meta pessoal. Não entrei para emagrecer ou como uma forma de superação, como as pessoas pensam.” Aos poucos e com muita preparação — tanto física como psicológica —, ele aumenta a distância das provas de que participa para poder atingir o seu objetivo. “Quero correr as principais maratonas do mundo e as que são feitas em trilhas, como a do Deserto do Atacama.”

Para ele, não tem como apontar a prova de que gostou mais. “São experiências muito diferentes. A de Ushuaia foi incrível e não tem como descrever. Dentro do Parque Nacional da Terra do Fogo é lindo.” Já em Chicago, o que marcou Anderson foi a torcida. “O público te apoia, e isso é muito motivador. Eles valorizam a sua meta e não o tempo que você faz a prova.”


Por todo mundo

Há diversas corridas no exterior. O Turismo destaca outras provas que ocorrem ao redor do planeta. Ainda há tempo de sobra para se preparar para algumas delas.

Maratona da Grande Muralha da China (Pequim, China)

(foto: The Great Wall Marathon/Reprodução)
(foto: The Great Wall Marathon/Reprodução)

Não basta correr, tem que subir muita escada também. O cartão-postal chinês se transforma em pista de competição e recebe vários corredores de todo o mundo. O desafio é grande: são mais de cinco mil degraus até a linha de chegada.
» Distância: meia maratona e maratona. Existe ainda um percurso de 8,5 km
» Quando: 20 de maio

Maratona do Big Five (Província de Limpopo, África do Sul)

(foto: Klaus Sletting/Reprodução)
(foto: Klaus Sletting/Reprodução)

Em meio à savana africana, os participantes da maratona precisam competir na casa de leões, girafas, elefantes, rinocerontes e búfalos. Não há nada que separe os corredores dos animais que vivem na reserva, deixando a adrenalina ainda maior.
» Distância: meia-maratona e maratona
» Quando: 24 de junho

Maratona do Sol da Meia-Noite (Tromso, Noruega)

(foto: Marius Hansen/Reprodução)
(foto: Marius Hansen/Reprodução)

No relógio, os ponteiros indicam que já está de noite, mas o sol continua brilhando. Esse é o cenário para quem corre a prova norueguesa, durante o Sol da meia-noite — fenômeno em que a estrela fica visível 24 horas.
» Distância: meia maratona e maratona. É possível correr um percurso de 10km, um de 4,2 km e ainda há um para as crianças se divertirem
» Quando: 17 de junho

Maratona do Templo Bagan (Bagan, Myanmar)

(foto: Notercedcirdec/Flickr - 28/11/15)
(foto: Notercedcirdec/Flickr - 28/11/15)

Imagine correr em meio a templos sagrados, com séculos de existência? É esse o cenário que o participante encontra durante essa corrida. O percurso passa ainda dentro de algumas vilas. Com tantas atrações pelo caminho, será preciso ainda mais concentração na prova.
» Distância: meia maratona e maratona. Quem preferir pode correr apenas 10km
» Quando: 26 de novembro

 

Maratona do Círculo Polar (Kangerlussuaq, Groenlândia)

(foto: Laurent Gillioz/Flickr)
(foto: Laurent Gillioz/Flickr)

Calor extremo pode ser ruim para quem participa de competições de corrida, mas o frio intenso também é um desafio. Os participantes correm parte do tempo sobre calotas de gelo. Em outros momentos, a corrida é na estrada — normalmente coberta de neve. A maratona sempre ocorre em outubro.
» Distância: meia maratona e maratona
» Quando: 29 e 30 de outubro

 

Longas distâncias
Existem algumas nomenclaturas oficiais que definem as distâncias percorridas. Fique atento a quais são elas e prepare o fôlego para cada uma.
» Meia maratona
21,1 km
» Maratona
42,195 km
» Ultramaratona
Acima de 42,195 km. Aqui, o tempo também conta, existindo provas de 6, 12, 24 ou 48 horas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade