CHILE

Múmias, céu estrelado e mina de ouro são atrações do Deserto de Atacama

A imensidão de areia está em um dos lugares mais áridos do planeta. Além do deserto em si, veja outras opções de passeios para fazer por lá

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/04/2017 10:00 / atualizado em 05/04/2017 12:30

Turismo Chile/Divulgação

Ao pensar no deserto mais árido do mundo, a correlação mais comum é com paisagens monocromáticas, campos de areia sem começo nem fim, além das altas temperaturas. O Deserto de Atacama é isso, mas não só. Entre setembro e novembro, ele se torna um campo de flores. O cenário, aparentemente incompatível com o crescimento da vida — tanto vegetal quanto animal — fica cheio de cores. As mais comuns são a violeta, a rosa e o amarelo. O melhor lugar para ver esse espetáculo é na zona costeira — 800km ao norte de Santiago e entre o sul da cidade de Vallenar e o norte da cidade de Copiapó.


Para explorar o Atacama por alguns dias, a alternativa mais indicada é se hospedar na cidade de San Pedro de Atacama. O lugar tem infraestrutura de primeiro nível, mas sem perder a essência simples e desértica. Além de observável  — a partir do céu, inclusive — o Atacama também é rota turística de quem quer conhecer etnias indígenas ou fazer longas caminhadas. Descubra o que ver e fazer na região.

Carolina Martínez/Divulgação

Múmias de Chinchorro

As múmias mais antigas do mundo estão a 45 km da cidade Iquique. Elas estão guardadas no Museu Arqueológico San Miguel de Azapa. Uma visita ao local revela muito sobre os chinchorros. Eles mumificavam todos os membros da sociedade. Por isso, é mais simples estudar essa cultura.

Turismo Chile/Divulgação

Rota das estrelas
O norte do Chile é um dos melhores lugares do mundo para observar o céu. A secura do ambiente, a altitude, a estabilidade climática e grande quantidade de noites claras são fatores que explicam essa vocação. As cidades de La Sereña, Vicuña, e Iquique têm agências especializadas nesse tipo de passeio.

Turismo Chile/Divulgação

Festival La Tirana
O povoado de La Tirana recebe cerca de 200 mil fiéis todos os anos, no dia 16 de julho, em um festival que homenageia a Virgem do Carmen. Durante a festa, os peregrinos cantam e dançam de acordo com o protocolo religioso. As roupas utilizadas pelos peregrinos são atrações à parte — coloridas e chamativas.

Plataforma Urbana/Reprodução

Visite a mina San José

Você se lembra da história dos 33 mineiros que ficaram presos debaixo da terra por 70 dias e foram resgatados com vida? É possível visitar o lugar onde tudo aconteceu, a 650 metros de profundidade. Alguns mineiros participam do tour e contam detalhes da experiência.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.