ADMIRÁVEIS

Duas das sete novas maravilhas da natureza estão em território brasileiro

Destinos são portas abertas para os que adoram se embrenhar no mato, mergulhar em rios e escalar montanhas para uma aventura nutrida pela beleza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/04/2017 17:14 / atualizado em 02/05/2017 11:48

Fredww/Flickr

"Eis a natureza que te convida e te ama" - o poeta francês Alphonse de Lamartine dá o conselho perfeito para uma viagem de aventura - "mergulha no seu seio que ela constantemente te oferece". Aproveitar o que não precisou ser desejado, projetado nem construído pelo ser humano pode ser um ótimo motivo para viajar. O mundo é cheio de cenários impressionantes, mas caso a inspiração esteja em falta, comece pelos destinos consagrados - as Novas Maravilhas da Natureza. Sete destinos, dois no Brasil, têm fama de protagonizar experiências extraordinárias. Confira:

 

Komodo (Indonésia)

Lar do dragão-de-komodo, maior lagarto do planeta, também encontrado em ilhas próximas, Komodo tem dois milhões de habitantes, descendentes de ex-presidiários exilados e nativos (os "bugis"). A ilha é um famoso destino de mergulho.

 

Cameron B./Flickr

Table Mountain (África do Sul)
A "Montanha da Mesa", na Cidade do Cabo, está a 1.086 metros de altitude. Para chegar ao topo, é costume escalar ou ir de teleférico. O cume vive coberto por nuvens - a "toalha" da mesa. Diz a lenda que são resultado de uma competição de fumo entre um pirata e o diabo.

 

REUTERS/John Javellana

Rio subterrâneo de Puerto Princesa (Filipinas)
O rio está localizado em um parque nacional a 80km do centro de Puerto Princesa, dentro de uma caverna. Pesquisadores descobriram que ele tem dois "andares", pequenas cachoeiras, uma caverna de 300 metros de cúpula e outros canais de rios no interior.

 

Roli_B/Flickr

Rio Amazonas (Brasil, Colômbia e Peru)
Esse é o rio mais caudaloso do mundo, responsável por descarregar no mar 20% de toda a água doce do planeta. O leito passa por três países. No Brasil, o Encontro das Águas, em Manaus (AM), é um bom lugar para conhecê-lo.

 

Kham/Reuters

Ha Long Bay (Vietnã)
Patrimônio da Unesco, a "baía onde nasceu o dragão" é um conjunto de ilhas de calcário de diversos tamanhos e formatos. A melhor maneira de conhecer o lugar é de caiaque. Em terra firme, a biodiversidade de fauna e flora são um ponto forte.

 

William Pugsley/Reprodução

Ilha de Jeju (Coreia do Sul)
A ilha foi criada por erupções vulcânicas há dois milhões de anos. No território, tubos subterrâneos, cavernas e cachoeiras encantam quem as visita. Por ter um clima mais tropical, o paraíso a 130km do continente é destino de férias dos coreanos e de estrangeiros.

 

Auremar de Castro/EM

Cataratas do Iguaçu (Argentina e Brasil)
O maior conjunto de cachoeiras do mundo está no Brasil, mas a maior parte do espetáculo  acontece na Argentina. Diz a lenda que um deus queria se casar com uma mortal, mas ela teria fugido com o amante em uma canoa. A divindade cortou o rio para condená-los a uma queda eterna.

 

» Concorrência
A lista das Novas Maravilhas da Natureza começou com 440 inscritos. A primeira fase da votação — entre 2007 e 2009 — chegou ao fim com 77 concorrentes. Na segunda fase, 28 finalistas foram escolhidos pelos especialistas do site New 7 Wonders, organizador do concurso. A votação global começou em seguida. Em 2011, os sete vencedores foram anunciados em Zurique, Suíça.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.