FESTA

Programação junina de Campina Grande atrai viajantes brasilienses

Siga a programação de festas juninas em vários estados nordestinos. A Paraíba é a que mais atrai os moradores de Brasília. Descubra o porquê

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/06/2017 20:00 / atualizado em 14/06/2017 16:03

Ricardo Rollo/Mtur

Seja para fugir do frio, seja para aproveitar a programação de festas juninas, quem vai ao Nordeste em junho tem muito o que explorar. Em Campina Grande, na Paraíba, as festas se espalham por todo o município. Por isso, a cidade leva fama de concentrar “O Maior São-joão do Mundo”, principalmente no Parque do Povo — área descoberta que recebe os principais eventos da cidade. Em 2016, cerca de 3 milhões de pessoas participaram das comemorações no local, de acordo com o Ministério do Turismo (MTur). Neste ano, a cidade começou a celebrar o São-joão no segundo dia de junho e estende o festejo por 31 dias.

 

Algumas das atrações confirmadas para subirem ao palco ao longo do mês são Wesley Safadão (18/6), Padre Fábio de Melo (20/6), Elba Ramalho (22/6) e Aviões do Forró (28/6), além de várias atrações de música sertaneja. Também há o que apreciar no Sítio São João, na Vila do Artesão e no Arraiá de Cumpade. Em São José da Mata, Catolé de Boa Vista e Galante, distritos do município, o tom da festividade é mais tradicional.

 

Jampa ou Rio
O aeroporto mais próximo é o de João Pessoa, capital do estado, localizada a 130 km de Campina Grande. “Jampa”, como é conhecida, foi responsável por 12% das buscas por passagens feitas por brasilienses, segundo levantamento do metabuscador Viajala. O estudo foi feito em maio, com base em 15 mil buscas de voos saindo de Brasília para outras cidades, com datas de embarque previstas para junho de 2017.

 

Nessa época do ano, a cidade disputa turistas com o Rio de Janeiro, que também registrou 12% da procura. Passagens aéreas de ida e volta para João Pessoa, saindo de Brasília, não saem por menos de R$1.500* (com taxas) para quem quer aproveitar a festa durante um fim de semana. Ir para o Rio de Janeiro no mesmo período custa menos — cerca de R$350, ida e volta, com taxas incluídas.

 

Tereza recomenda as festas paraibanas:

“Vale a pena ir a Campina Grande nessa época, para conhecer um pouco da cultura”, recomenda a designer Tereza Neuma dos Santos, 44 anos, que foi ao São-joão da cidade várias vezes. “É o maior São-joão do mundo mesmo. A festa tem vários palcos, apresentações de repentistas e bailarinos dançando no meio do povo. É superlotado”, conta. A principal diferença entre a festa nordestina e a de Brasília é que o evento de Campina Grande é concentrado em um só lugar, no Parque do Povo”, opina a designer. “E as festas daqui não chegam nem aos pés da de lá, em termos de música”.

 

Para saber mais
O dia de São João, comemorado em 24 de junho, faz referência ao nascimento de João Batista. O profeta teria previsto a vinda de Jesus Cristo ao mundo e batizado a divindade cristã nas águas do Rio Jordão.

 

* Preços consultados em 08/6 no site www.google.com.br/flights 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.