ECOTURISMO

No Sul e Sudeste, Parques Nacionais reservam aventura e cenários magníficos

Eles são belos e agradam diferentes gostos. Para quem gosta de trilhas, experimente os trekkings do Rio de Janeiro, para quem prefere tranquilidade aproveite as serras gaúchas.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/08/2017 10:00 / atualizado em 25/08/2017 13:48

Ao sul do país, as montanhas dão um ar europeu aos cenários. Na divisa com a Argentina, as cataratas encantam os visitantes com a grandeza e o show das águas

 

Danielle Rivera/Flickr

Parque Nacional de São Joaquim

Arquivo Pessoal
Formado por rochas vulcânicas de basalto, centenas de araucárias, montanhas e uma vegetação típica do sul do país, o Parque Nacional localizado em Santa Catarina encanta por sua beleza e imponência. A engenheira florestal Caroline Cardoso, 23 anos, conta que esteve no parque algumas vezes e que na última visita fez um estágio voluntário “É muito bom estar em contato com a natureza, saber da história do parque e contemplar de perto belas paisagens que existem na região. Aqui, as araucárias ainda são bem preservadas. É uma excelente oportunidade de conhecer essa vegetação em seu estado natural, quase sem a ação do homem”, conta ela. A principal atração do parque é a Pedra Furada, assim como o Morro da Igreja e o Cânion das Laranjeiras.

  • Cidade mais próxima: Bom Jardim da Serra, Grão Pará, Lauro Muller, Orleans e Urubici
  • Aeroporto mais próximo: São Joaquim
  • Hospedagem: Urubici Park Hotel, Av. Adolfo Konder, 2278 - Urubici, Telefone: (49) 3278-5300; Pousada Arco Íris  Av. Pref. Natal Zilli, 3196 - Urubici, Telefone: (49) 3278-4493
  • Quando ir: Durante todo o ano
  • Horário de funcionamento: Todos os dias, das 8h às 17h
  • Ingressos: Gratuito
  • Contato: (49) 3278-4994

Cataratas do Iguaçu/Divulgação

Parque Nacional do Iguaçu

Segundo colocado entre os mais visitados no Brasil, o Iguaçu tem como principal atração as cataratas, com quedas que variam entre 150 e 270 metros. Primeira Unidade de Conservação a ser declarada Patrimônio Mundial Natural pela Unesco, está localizada no Paraná, na divisa com a Argentina e ocupa parte do território vizinho. Os mais de 185 mil hectares abrangem 14 municípios. 

  • Cidade mais próxima: Foz Iguaçu
  • Aeroporto mais próximo: Foz do Iguaçu
  • Hospedagem: Hotel Bella Itália, Av. República Argentina, 1700 - Foz do Iguaçu, Telefone: (45) 3521-5000; Mirante Hotel Foz do Iguaçu, Av. República Argentina, 672 - Foz do Iguaçu, Telefone: (45) 3028-0800.
  • Quando ir:  Durante a primavera ou verão, em que o volume de água é maior e as árvores estão floridas
  • Horário de funcionamento: Todos os dias das 9h às 17h
  • Ingressos: R$ 40,00 valor integral, brasileiros tem 50% de desconto e visitantes do Mercosul pagam R$ 30,00
  • Contato: (45) 3521-8383

Usina da cultura/Reprodução

Parque Nacional da Serra Geral

Localizado na divisa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o Parque Nacional chama atenção por seus cânions e formação geológica. Os paredões verticais, que podem chegar a 700 metros, formam a característica do local cujo as principais atrações são as trilhas da Pedra do Segredo, Mirante do Fortaleza e Borda dos Cânions.

  • Cidade mais próxima: Jacinto Machado (SC), Praia Grande (SC) e Cambará do Sul (RS)
  • Aeroporto mais próximo: Caxias do Sul
  • Hospedagem: Costão do Cambará do Sul, Estrada da Costa, s/n - Vila Oswaldo Kroffe, Cambará do Sul, Telefone: (54) 98437-3037; Dunas Praia Hotel,  R. Mal. Deodoro, 48 - Praia Grande, Torres, Telefone: (51) 3664-1011
  • Quando ir: Durante todo o ano
  • Horário de funcionamento: Todos os dias de 8h às 17h (no horário de verão, até às 18h)
  • Ingressos: Gratuito
  • Contato: (54) 3251-1277

 
A pegada radical 
 
Na região sudeste, os belos parques são desafios constantes para os praticantes de trekking, montanhismo, escaladas e explorações e grutas, vales e cachoeiras. O clima mais ameno e frio em alguns meses do ano favorece a diversificação da fauna e da flora. Na região está a terceira maior montanha do país, o Pico da Bandeira, com 2.892 metros 
 

Parque Nacional do Caparaó
Hugo Loureiro/Flickr

Famoso por ser um dos maiores ícones do montanhismo no Brasil, o Parque Nacional na divisa entre Minas Gerais e Espírito Santo abriga a terceira maior montanha do país, o Pico da Bandeiram com 2.892 metros. Além dela, o Pico do Calçado, com 2.766 metros e o Pico do Cristal, com 2.798 metros são outros dois roteiros que podem ser feitos por quem deseja aproveitar o lado radical do parque. A vista do nascer do sol do alto das montanhas é ponto forte do local que atrai milhares de visitantes todos os anos. Além das escaladas, no local existem cachoeiras, vales e grutas para serem exploradas. A fauna e flora da reserva são bem diversificadas. Foram registrados 350 espécies de aves, 67 de mamíferos, 50 mil de insetos e répteis e 64 de anfíbios.

  • Cidade mais próxima: Espírito Santo - Ibitirama, Iúna, Irupi, Dores do Rio Preto e Divino de São Lourenço. Minas Gerais - Alto Caparaó, Alto Jequitibá, Espera Feliz e Caparaó.
  • Aeroporto mais próximo: Vitória - ES
  • Hospedagem: É possível acampar dentro do parque (reservas pelo telefone: (32) 3747-2086 ou por e-mail parnacaparao@gmail.com)
  • Quando ir: Durante o inverno de junho a setembro
  • Horário de funcionamento: Todos os dias, das 7h às 18h
  • Ingressos: R$11 para brasileiros e estrangeiros do Mercosul, R$ 22 para demais estrangeiros e R$ 6 a pernoite
  • Contato:  (32) 3747-2943


Parque Nacional da Serra dos Órgãos
Pinterest/Reprodução

Com mais de 200km de trilha, o Parque Nacional é conhecido por ser um dos melhores lugares para realizar esportes radicais. Localizada no Rio de Janeiro, a reserva abriga importantes atrações turísticas do estado e também do país, como a formação geológica Dedo de Deus, que representa o início do trekking no país. Outras opções para quem deseja explorar o parque é fazer a travessia Petrópolis-Teresópolis, conhecer a Cachoeira Véu de Noiva e caminhar por trilhas com diferentes graus de dificuldade> Algumas podem ser exploradas por  cadeirantes, mas há desafios de alto grau, para os profissionais.

  • Cidade mais próxima: Petrópolis, Guapimirim, Magé e Teresópolis - Rio de Janeiro
  • Aeroporto mais próximo: Santos Dumont - Rio de Janeiro
  • Hospedagem: É possível acampar no camping ou optar pelo alojamento do parque. Reservas pelo telefone: (21) 2152-1120
  • Quando ir: Durante todo o ano
  • Horário de funcionamento: Todos os dias, das 8h às 17h (Mediante a compra antecipada de ingressos é permitida a entrada no parque entre 6h- 8h e 17h-22h)
  • Ingressos: R$ 17 para brasileiros e R$ 25 estrangeiros do Mercosul
  • Contato: (21) 2642-7062


Parque Nacional da Tijuca
Carinfor/Reprodução

Líder do ranking nacional de visitas, o parque da Tijuca é um dos destinos mais procurados no país. Por abrigar a Pedra da Gávea, Pedra Bonita e Corcovado, que são símbolos do cenário carioca, o parque é muito procurado por quem deseja unir o contato com a natureza e o agito de uma capital. Além da parte natural, no parque também há atrações culturais, como a Castro Maya, uma trilha interna que leva o visitante a conhecer locais, edificações, fontes e monumentos históricos.

  • Cidade mais próxima: Rio de Janeiro - RJ
  • Aeroporto mais próximo: Santos Dumont ou Galeão - Rio de Janeiro
  • Hospedagem: Não é permitido acampar dentro do parque.
  • Quando ir: Durante todo o ano
  • Horário de funcionamento: Todos os dias das 8h às 17h
  • Ingressos: Gratuito (cobrado entrada apenas para o Corcovado)
  • Contato: (21) 2492-2252
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.