LANÇAMENTO

Luxo à brasileira: Mercedes apresenta C 300 Sport, feito no Brasil

A versão topo de linha do Classe C agora é fabricado no Brasil. Com motor 2.0 de 245 cavalos e câmbio de nove marchas, o sedã custa R$ 241,9 mil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

Mercedes-Benz/Diviulgação
 

Há pouco mais de um ano, a Mercedes-Benz inaugurava sua primeira fábrica de automóveis no Brasil — a montadora já contava com uma planta de ônibus e caminhões — em Iracemápolis, interior de São Paulo. O modelo escolhido para dar o pontapé inicial na produção nacional foi o Classe C. Em um primeiro momento, apenas as versões de entrada, as do 180, eram feitas por aqui. Logo depois foi a vez da 250 e, agora, a topo de linha 300 também recebeu cidadania brasileira.

O C 300 Sport nacional conta com motor 2.0 turbo de 245 cavalos e 37,7kgfm de torque. Com isso, ele passa a ser o modelo mais forte da família Classe C, sem contar a linha AMG, à venda no Brasil. O topo de linha vem com uma novidade no conjunto mecânico, que será adotada por todas as versões C, o câmbio 9G-Tronic, uma transmissão automática de nove velocidades que, segundo a marca, contribui para um comportamento mais dinâmico, ao mesmo tempo que prioriza o conforto de rodagem e a eficiência energética. O modelo, disponível nas concessionárias, tem preço sugerido de R$ 241,9 mil.

 

Esportivo

Mercedes-Benz/Diviulgação

Vários itens dão ao C 300 Sport visual diferenciado. O sedã conta com acabamento AMG Line e com o pacote Night, que contempla retrovisores, frisos de para-choques e da grade frontal em preto e das rodas de 18 polegadas com cinco raios e fundo brilhante. De resto, ele é um legítimo Classe C, com a estrela no centro da grade e os faróis full LED. Na traseira, as lanternas e luzes de freio também utilizam tecnologia LED.

Mercedes-Benz/Diviulgação

No interior, todo luxo e comodidade da Mercedes-Benz. Um grande painel em uma única peça do console se estende das entradas de ar até o apoio de braços. A tela destacada da central multimídia tem 8,4 polegadas. O acabamento conta com materiais diversos como alumínio, plástico soft touch, couro e madeira. Entre outras comodidades, o sedã conta com ajustes elétricos nos bancos da frente, ar-condicionado digital e dual zone, entre outros.

 

Antes de tudo, segurança

Mercedes-Benz/Diviulgação
 

O Classe C 300 Sport conta com diversos itens de segurança e assistentes para auxiliar o motorista em uma melhor condução. O ESP Curve Dynamic, por exemplo, proporciona mais estabilidade e melhor dirigibilidade em curvas por meio do reconhecimento da necessidade de equilíbrio de forças nos eixos, distribuindo a tração via diferencial para as rodas. Já o Cross Wind Assist (assistente de ventos transversais) detecta golpes de vento súbitos e fortes que poderiam influenciar na trajetória do veículo e ajuda a evitar que ele seja empurrado, aplicando de forma seletiva os freios nas rodas do lado em que há ação do vento, sem perder velocidade.

Outro importante alerta de segurança é o Attention Assist, que atua com mais de 40 parâmetros de reconhecimento e detecta quando o motorista demonstra sinais de fadiga ao volante, alertando-o por meio de sinais sonoros e visuais, além de sugerir uma pausa para descanso. Ele conta também com um sistema de pré-carregamento dos freios. Ao tirar o pé do acelerador de forma repentina, as pastilhas entram automaticamente em contato com o disco, de modo que a distância de frenagem seja diminuída. O C 300 Sport também é equipado com airbag de joelhos do lado do motorista.

Mercedes-Benz/Diviulgação
 

Ficha técnica

  • Motores: 2.0 turbo de 245cv a 5.500rpm e torque de 37,7kgfm a 1.200rpm
  • Dimensões: 4.686mm de comprimento; 2.020mm de largura; 1.447mm de altura e 2.840mm de entre-eixos;
  • Transmissão: automática de 9 velocidades
  • Direção: elétrica
  • Porta-malas: 480 litros
  • Suspensão: independente na dianteira e na traseira
  • Pneus: 225/45 R18 (F) / 245/40 R18 (T)
  • Freios: a disco nas quatro rodas
  • Preço: a partir de R$ 241,9 mil

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.