Publicidade

Correio Braziliense

Vídeo mostra agressão a idoso de 81 anos no Cruzeiro Novo

Homem agrediu o aposentado Oremar Scheufler após levar bronca por urinar no chão em frente ao bloco onde moram; família diz que vai levar vídeo à polícia


postado em 21/08/2017 19:02 / atualizado em 21/08/2017 19:25

Câmeras do circuito interno de segurança de um bloco no Cruzeiro Novo flagraram o momento em que um homem agride o aposentado Oremar Luiz Scheufler, 81 anos. A agressão, ocorrida na manhã de domingo (20/8) após o aposentado pedir ao suspeito para não urinar no chão, chocou moradores do bairro. A família deve entregar, nesta terça-feira (22/8), o vídeo à 3ª Delegacia de Polícia (Cruzerio), responsável pelo caso.

 

 

 

De acordo com a nora do aposentado, Cláudia Scheufler, o agressor mora no mesmo prédio da vítima. Depois da agressão, a família do idoso chegou a encontrar com o suspeito na escada do bloco de quatro andares. O homem, ainda segundo ela, se recusou a pedir desculpas e alegou que tentou ajudar Oremar a recuperar as sacolas de compra depois de ter caído no chão. Com as imagens e o depoimento de testemunhas, os familiares esperam que a polícia possa prender o agressor. 

 

Leia mais notícias em Cidades

 

Há, ainda, possibilidade de premeditação. Segundo a família, o homem esperou Oremar voltar do supermercado para agredi-lo. "Ele sabia que não há câmeras no bloco onde meu sogro mora. Por isso, ele o atingiu no meio da rua", acredita Cláudia. As imagens foram obtidas a partir do prédio vizinho.

 

(foto: Arquivo pessoal)
(foto: Arquivo pessoal)

 

Após a agressão, o idoso foi atendido no Hospital das Forças Armadas (HFA) com hematomas nas coxas e suspeita de entorse no pulso, tendo a mão direita engessada. O caso chegou inicialmente à 1ª Delegacia de Polícia na Asa Sul. Mas, de acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal, a investigação passou depois para a 3ª Delegacia de Polícia, no Cruzeiro Velho.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade