Publicidade

Correio Braziliense

Missa de sétimo dia homenageia casal morto em atropelamento no Lago Norte

Cinzas do casal estarão na cerimônia, marcada para a Paróquia Nossa Senhora do Lago. Motorista envolvida no acidente continua em estado gravíssimo


postado em 24/01/2018 12:45 / atualizado em 24/01/2018 12:46

Amigos e familiares do casal morto em um atropelamento no Lago Norte participam, às 20h desta quarta-feira (24/1), da missa de sétimo dia em homenagem a Evaldo Augusto da Silva, 75 anos, e Dulcineia Rosalino da Silva, 72. As cinzas das vítimas serão levadas à cerimônia, que ocorre na Paróquia Nossa Senhora do Lago, na QI 2 do Lago Norte.


O casal morreu na última quarta-feira (18/1). Evaldo e Dulcineia caminhavam ao lado da pista que cruza o bairro quando Luciana Pupe Vieira, 46 anos, atropelou os dois em alta velocidade. A polícia investiga se ela sofreu mal súbito. Os dois morreram na hora. Eles haviam completado 50 anos de casamento poucos dias antes da tragédia. 

A condutora do Mitsubishi ASX está internada em estado gravíssimo com isquemia cerebral. Segundo familiares, Luciana é portadora de diabetes e provavelmente teve uma crise ao volante. Por isso, não teria conseguido frear.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade